Construindo saberes nas redes sociais

Autores

  • Aline Bairros Soares PPGEPT/UFSM
  • Sandra Palma Botega PPGTER/UFSM
  • Leila Maria Araújo dos Santos PPGEPT/UFSM
  • Ricardo Machado Ellensohn PPGEPT/UFSM
  • Claudia Smaniotto Barin PPGEPT/UFSM

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.85991

Palavras-chave:

mídia social. Ensino de Química. Web 2.0.

Resumo

Imersos num mundo tecnológico, os jovens vêm desenvolvendo novas formas de aprender por meio do compartilhamento de saberes e questionamentos com seus pares nos ambientes virtuais oriundos das ferramentas da web 2.0. Nesse sentido o presente trabalho visa avaliar o uso das redes sociais como um espaço de compartilhamento e aprendizagem no ensino superior. O estudo consiste num relato de experiência do uso e produção de recursos educacionais digitais compartilhados no Facebook ® com estudantes de Agronomia ingressantes à universidade nos anos de 2015 a 2017. Os resultados apontam que, apesar das redes sociais requererem do professor uma nova postura no que tange ao planejamento, compartilhamento e monitoramento, o Facebook aproxima os agentes do processo de aprendizagem à medida que provê maior liberdade de expressão, o que resulta em maior participação dos estudantes e consequentemente na construção do conhecimento na coletividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-21

Como Citar

BAIRROS SOARES, A.; PALMA BOTEGA, S.; MARIA ARAÚJO DOS SANTOS, L.; MACHADO ELLENSOHN, R.; SMANIOTTO BARIN, C. Construindo saberes nas redes sociais. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 1, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.85991. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/85991. Acesso em: 3 out. 2022.