Análise sobre a gamificação em Ambientes Educacionais

Autores

  • Aline Nunes Ogawa Departamento de Ciência da Computação - PPGCA e PPGECMT Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) – Joinville, SC - Brasil
  • Gabriel Galdino Magalhães Departamento de Ciência da Computação - PPGCA e PPGECMT Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) – Joinville, SC - Brasil
  • Ana Carolina Tomé Klock Departamento de Ciência da Computação - PPGCA e PPGECMT Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) – Joinville, SC - Brasil
  • Isabela Gasparini Departamento de Ciência da Computação - PPGCA e PPGECMT Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) – Joinville, SC - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.61453

Palavras-chave:

Gamificação, ambientes educacionais, avaliação.

Resumo

A gamificação é a utilização de elementos de jogos em outros contextos sem relação com jogos, sendo uma técnica bastante utilizada nos ambientes educacionais para motivar os alunos. O objetivo desse trabalho é identificar como é feita a avaliação da experiência e interação do usuário com a gamificação aplicada em ambientes educacionais. Foram analisados trabalhos que fazem experimentos controlados comparando um ambiente educacional com e sem gamificação. Nesses trabalhos, existe uma grande variação em relação ao contexto, ao tempo de duração, ao número de participantes e de elementos utilizados. As métricas empregadas foram obtidas através de implementações no ambiente e em questionários de satisfação. Espera-se que, com o levantamento de diferentes formas de experimentação, outros trabalhos possam avaliar a utilização da gamificação em ambientes educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-30

Como Citar

NUNES OGAWA, A.; GALDINO MAGALHÃES, G.; CAROLINA TOMÉ KLOCK, A.; GASPARINI, I. Análise sobre a gamificação em Ambientes Educacionais. RENOTE, Porto Alegre, v. 13, n. 2, 2015. DOI: 10.22456/1679-1916.61453. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/61453. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Teorias educacionais aplicadas à TIC