Aplicativos para o ensino e aprendizagem de Química

Autores

  • Aline Grunewald Nichele
  • Eliane Schlemmer UNISINOS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.53497

Palavras-chave:

dispositivos móveis, aplicativos, tablet

Resumo

A  distribuição  de  dispositivos  móveis,  como  tablets,  para  professores  de ensino médio das escolas públicas, viabiliza o desenvolvimento do mobile learning, impulsionando mudanças na forma como os sujeitos se relacionam com a informação e produzem o conhecimento. Adicionalmente, na área da Educação Química, vislumbra- se que os tablets e aplicativos podem proporcionar situações de aprendizagem que eram restritas, por exemplo, a softwares caros. Nesse contexto e com o objetivo de conhecer os aplicativos para a Educação Química e o crescimento de sua oferta para incentivar sua adoção na educação, trazemos, nesse artigo, os resultados de uma pesquisa sobre aplicativos para tablet relacionados à área, realizada de maio/2012 a maio/2014, apresentando a evolução do número de aplicativos, os temas mais recorrentes e finalizamos indicando aplicativos para a Educação Química.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Grunewald Nichele

IFRS - Campus Porto Alegre

Downloads

Publicado

2014-12-28

Como Citar

GRUNEWALD NICHELE, A.; SCHLEMMER, E. Aplicativos para o ensino e aprendizagem de Química. RENOTE, Porto Alegre, v. 12, n. 2, 2014. DOI: 10.22456/1679-1916.53497. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/53497. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Games e aplicativos