OBJETOS DE APRENDIZAGEM COMO POTENCIALIZADORES NO ESTUDO DA BIOLOGIA

Autores

  • Luciane Becker Nicola Professora da Rede Estadual do RS, Biologia/ Aluna Especial do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRGS.
  • Alessandra Pereira Rodrigues Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense/ doutoranda no Programa de Pós-graduação em Informática na Educação da UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.21887

Palavras-chave:

objetos de aprendizagem, biologia, animação, aprendizagem

Resumo

O uso das tecnologias pode trazer inúmeras contribuições para a educação, como a autonomia do aluno no processo de aprendizagem bem como a inclusão digital. O presente artigo apresenta um estudo de caso, no qual se procurou verificar acréscimos e dificuldades perceptíveis no uso de um objeto de aprendizagem na disciplina de biologia. Esta pesquisa foi conduzida em duas turmas de primeiro ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Padre Rambo, no município de Porto Alegre/RS. Inicialmente foi traçado o perfil dos alunos, no sentido de se conhecer as limitações no uso da informática e descrever que tipo de usuário é esse aluno. Apesar de serem necessários estudos mais aprofundados para concluir se ocorreu aprendizagem significativa, a pesquisa pode inferir que os objetos de aprendizagem são excelentes potencializadores para a compreensão do conteúdo de biologia e que as limitações no uso da informática não foram prejudiciais para a execução da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-07-28

Como Citar

NICOLA, L. B.; RODRIGUES, A. P. OBJETOS DE APRENDIZAGEM COMO POTENCIALIZADORES NO ESTUDO DA BIOLOGIA. RENOTE, Porto Alegre, v. 9, n. 1, 2011. DOI: 10.22456/1679-1916.21887. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/21887. Acesso em: 6 dez. 2022.