O aluno como co-construtor e desenvolvedor de jogos educacionais

Autores

  • Liane Margarida Rockenbach Tarouco UFRGS
  • Mary Lucia Pedroso Konrath UFRGS
  • Anita Raquel da Silva Grando UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.14024

Palavras-chave:

jogos educacionais, Andragogia, construção, Macromedia Flash MX, Hot Potatoes

Resumo

O presente artigo tem como objetivo discutir a importância dos jogos como propiciadores de aprendizagem. Através do uso de modelos pré-definidos, onde se podem inserir informações e imagens, o estudante se define como co-construtor dos seus próprios jogos, de acordo com seu interesse ou com o assunto que está sendo estudado. Além disso, serão apresentadas algumas experiências de estudantes do Curso de Pedagogia e professores do Programa de Pós-graduação em Informática na Educação, ambos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, quando solicitados a desenvolver jogos educativos simples, criativos e de caráter pedagógico, utilizando ferramentas de autoria, tais como Hot Potatoes e Macromedia Flash MX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Liane Margarida Rockenbach Tarouco, UFRGS

Doutora em Engenharia Elétrica pela USP, Mestre em Ciência da Computação pela UFRGS.

Mary Lucia Pedroso Konrath, UFRGS

Mestranda em Educação e Especialista em Informática na Educação pela UFRGS

Anita Raquel da Silva Grando, UFRGS

Pedagoga e aluna do curso de especialização Informática na Educação pela UFRGS

Downloads

Publicado

2005-11-17

Como Citar

TAROUCO, L. M. R.; KONRATH, M. L. P.; GRANDO, A. R. da S. O aluno como co-construtor e desenvolvedor de jogos educacionais. RENOTE, Porto Alegre, v. 3, n. 2, 2005. DOI: 10.22456/1679-1916.14024. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/14024. Acesso em: 3 out. 2022.