AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO: O EFEITO DE GLOSSÁRIOS ELETRÔNICOS

Autores

  • Marcelo Foohs UFRGS
  • Liane Rockenbach Tarouco UFRGS
  • Margarete Axt UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.13961

Palavras-chave:

Língua estrangeira, língua materna, aquisição de vocabulário, glossários eletrônicos, multimídia

Resumo

Este artigo discorre sobre o efeito do uso de glossários eletrônicos textuais e gráficos no aprendizado incidental de vocabulário. A pesquisa tem repetidamente mostrado que o aprendizado incidental de vocabulário em língua estrangeira ocorre. Os resultados de estudos sobre glossários mostraram que a combinação de definições textuais e gráficas é mais eficaz do que definições dadas apenas com palavras ou apenas com ilustrações. A teoria do duplo código e a teoria gerativa de aprendizado através de multimídia dão suporte a essa conclusão. De acordo com o efeito da codificação dupla,
as informações codificadas visualmente e verbalmente parecem promover uma maior retenção. Além disso, Yoshii (2000, p.151) observou que: “Através da utilização de
textos eletrônicos com auxílio de glossários é possível envolver o aluno no aprendizado de vocabulário de uma maneira divertida e cativante.”

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Foohs, UFRGS

Mestre em Letras/Inglês-UFPR/Michigan State University. Doutorando em Informática na Educação.

Liane Rockenbach Tarouco, UFRGS

Doutora em Engenharia Elétrica-USP. Diretora do CINTED/UFRGS.

Margarete Axt, UFRGS

Doutora em Lingüística e Letras-PUCRS. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Informática na
Educação

Downloads

Publicado

2005-11-17

Como Citar

FOOHS, M.; TAROUCO, L. R.; AXT, M. AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO: O EFEITO DE GLOSSÁRIOS ELETRÔNICOS. RENOTE, Porto Alegre, v. 3, n. 2, 2005. DOI: 10.22456/1679-1916.13961. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/13961. Acesso em: 4 out. 2022.