Aprendendo as Origens do “Mineirês” Através de um Jogo Digital Educacional

Autores

  • Tadeu Moreira de Classe Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Ronney Moreira de Castro Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Juliana Alves Inocêncio IFSudeste MG - Campus Cataguases

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.129160

Palavras-chave:

Jogo Educativo, Cultura Mineira, Linguagem Mineira

Resumo

Estudantes das gerações atuais, desde o ensino fundamental, acessam conteúdo online, jogam e assistem vídeos para obter conhecimento quanto ao idioma, história e geografia local, regional e mundial. Este e o contexto de concepção do jogo “Uai! Que isso sô!”, criado com o propósito de ensinar a origem de expressões e cultura do Estado de Minas Gerais para estudantes. O jogo foi concebido usando o Endo-GDC, um game canvas feito para pensar jogos educativos, sendo avaliado em um estudo quasi-experimental quanto a experiência de gameplay e o aprendizado adquirido pelo jogador. Os resultados evidenciam de que o jogo é uma ferramenta lúdica que permite a seus jogadores aprenderem a origem do “mineirês”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-01-02

Como Citar

MOREIRA DE CLASSE, T. .; MOREIRA DE CASTRO, R. .; ALVES INOCÊNCIO, J. . Aprendendo as Origens do “Mineirês” Através de um Jogo Digital Educacional. Revista Novas Tecnologias na Educação, Porto Alegre, v. 20, n. 2, p. 135–144, 2023. DOI: 10.22456/1679-1916.129160. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/129160. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Jogos digitais aplicados ao ensino/aprendizagem