Uso de métodos estatísticos e computacionais em pesquisas educacionais utilizando o Moodle: um Mapeamento Sistemático da Literatura

Autores

  • Eduardo Dalcin IFFAR – Instituto Federal Farroupilha – RS – Brasil
  • Ilse Abegg UFSM – Universidade Federal de Santa Maria – RS
  • Paulo Ceretta UFSM – Universidade Federal de Santa Maria – RS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.110205

Palavras-chave:

Moodle, Algoritmo Computacional, Educação a Distância.

Resumo

Este estudo apresenta os resultados de um mapeamento sistemático da literatura, que buscou investigar o uso de métodos estatísticos e computacionais em pesquisas educacionais utilizando o Moodle, no âmbito nacional e internacional. Após a seleção dos estudos primários, foram analisados 59 trabalhos, os quais registraram as maiores frequências para o uso de medidas descritivas, algoritmo de aprendizado de máquina (Machine Learning) e estudos envolvendo as variáveis: aprendizagem, interação e interatividade. As contribuições mais citadas foram relacionadas com o acompanhamento de estudantes, aprendizado online e inovações tecnológicas nos ambientes virtuais de ensino e aprendizagem. Como limitações registraram-se o aumento do número de variáveis e diferentes análises nos processos de interações. A pesquisa apresentou contribuições relevantes, principalmente para aperfeiçoar e (re)planejar metodologias de ensino a distância em momentos de distanciamento social .

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-04

Como Citar

DALCIN, E.; ABEGG, I.; CERETTA, P. Uso de métodos estatísticos e computacionais em pesquisas educacionais utilizando o Moodle: um Mapeamento Sistemático da Literatura. RENOTE, Porto Alegre, v. 18, n. 2, p. 69–78, 2021. DOI: 10.22456/1679-1916.110205. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/110205. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Ambientes virtuais de aprendizagem