A INFORMATIVIDADE NA SALA DE AULA: INVESTINDO EM ATIVIDADES PARA A PRODUÇÃO DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS

Autores

  • Aline Rubiane Arnemann Universidade Federal de Santa Maria
  • Cristiano Egger Veçossi Doutor em Letras pela Universidade Federal de Santa Maria. Coordenador do GELTE (Grupo de Estudos em Linguística do Texto e Ensino).

DOI:

https://doi.org/10.22456/2238-8915.81461

Resumo

Neste trabalho, analisamos uma atividade desenvolvida durante a pesquisa de Arnemann (2017) que focalizou o princípio de informatividade, com alunos do Ensino Médio noturno, verificando como a articulação entre atividades linguísticas e epilinguísticas contribui para a obtenção de avanços na produção escrita de gêneros argumentativos. O referencial teórico traz autores da Linguística do Texto (LT) no que concerne à informatividade (BEAUGRANDE e DRESSLER, 1981; VAL, 1994), agregando, também, autores da Ciência da Informação (CAPURRO e HJORLAND, 2007; CUNHA, 2001). Ademais, quanto ao ensino e à aprendizagem de Língua Portuguesa, discutimos uma abordagem que prioriza as atividades sobre os exercícios (ENGSTRÖM, 2002), classificando-as em: linguísticas, epilinguísticas e metalinguísticas (FRANCHI, 2006; GERALDI, 1991; TRAVAGLIA, 1995), a qual sustentou a análise. Os resultados revelam avanços na informatividade das produções, os quais se deveram, principalmente, à articulação entre procedimentos de natureza linguística (produção e compreensão de textos) e epilinguística (reflexão a partir da produção).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Rubiane Arnemann, Universidade Federal de Santa Maria

Graduada em Letras (UFSM) (Licenciatura), Mestra em Estudos Linguísticos (UFSM). Atualmente, é doutoranda em Estudos Linguísticos (PPGL/UFSM), integrante do Grupo de Estudos em Linguística do Texto e Ensino (GELTE) e atua como tutora a distância no curso de Letras Licenciatura UaB/UFSM.

Cristiano Egger Veçossi, Doutor em Letras pela Universidade Federal de Santa Maria. Coordenador do GELTE (Grupo de Estudos em Linguística do Texto e Ensino).

Doutor em Letras pela Universidade Federal de Santa Maria. Atualmente, atua como professor na Escola Estadual de Educação Básica Professora Margarida Lopes, localizada em Santa Maria-RS e como tutor a distância no Curso de Licenciatura em Letras da UAB/UFSM. Também é coordenador do GELTE (Grupo de Estudos em Linguística do Texto e Ensino), registrado junto ao CNPq.

Downloads

Publicado

2018-07-04

Como Citar

ARNEMANN, A. R.; VEÇOSSI, C. E. A INFORMATIVIDADE NA SALA DE AULA: INVESTINDO EM ATIVIDADES PARA A PRODUÇÃO DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS. Organon, Porto Alegre, v. 33, n. 64, p. 16, 2018. DOI: 10.22456/2238-8915.81461. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/organon/article/view/81461. Acesso em: 26 nov. 2022.