Sobre a Revista

Foco e Escopo

Horizontes Antropológicos (Qualis A1) é um periódico quadrimestral publicado pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil. Surgido em 1995, representa os esforços continuados deste Programa para a publicação de uma revista acadêmica de alta qualificação e abrangência internacional. Considerado como uma das principais publicações brasileiras na área de Antropologia, está incluído nas bases de dados dos principais indexadores internacionais.

Seus números são temáticos, abertos à pluralidade de interpretações e de abordagens que possam interessar à antropologia e áreas afins. Além de artigos alinhados à temática principal de cada edição, HA traz a seção "Espaço Aberto", dedicada a textos de excelência, com densidade teórica no campo da antropologia, escritos por pesquisadoras/es reconhecidas/os internacionalmente entre seus pares e que colaboram com a revista, preferencialmente, a convite dos editores.

Horizontes Antropológicos publica textos em português, espanhol, francês e inglês. Suas edições se dirigem à comunidade antropológica e aos demais públicos interessados nas temáticas abordadas em cada número. Todos os artigos submetidos devem ser originais/inéditos, não podendo ter sido enviados simultaneamente a outra publicação ou órgão editorial. Como norma geral, os trabalhos submetidos são apresentados para avaliação prévia dos editores e dos organizadores de cada número temático. Os pré-selecionados são submetidos a consultores externos. Não há taxa para submissão e avaliação de artigos.

A revista Horizontes Antropológicos opera de acordo com os parâmetros da Ciência Aberta (http://opensciencebr.com/).

O título abreviado da revista é Horiz. antropol., forma que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé, referências e legendas bibliográficas.

Fontes de financiamento:

Pró-Reitoria de Pesquisa - Propesq

Programa de Pós-graduação em Antropologia Social – PPGAS/UFRGS

 

Ética e Práticas Editoriais

Horizontes Antropológicos emprega normas de conduta que definem a integridade ética das atividades científicas. Recomendamos a nossas/os autoras/es e consultoras/es externos a leitura das diretrizes abaixo, visando a integridade da atividade científica e publicações:

Best Practice Guidelines on Publishing Ethics, https://authorservices.wiley.com/ethics-guidelines/index.html

Código de Boas Práticas em Pesquisa da FAPESP, 2014, http://www.fapesp.br/boaspraticas/

Cooperação entre Instituições de Pesquisa e Periódicos em Casos de Integridade em Pesquisa: Orientação do Comitê [Internacional] de Ética em Publicações – COPE, https://publicationethics.org/files/Research_institutions_guidelines_final.pdf

Declaração de Singapura sobre Integridade em Pesquisa, 2010, https://wcrif.org/wcri2010

Declaration on Research Assessment (DORA), https://sfdora.org/read/

Diretivas para a Integridade da Pesquisa do CNPq, 2011, http://cnpq.br/diretrizes

Guia de boas práticas para o fortalecimento da ética na publicação científica. SciELO, Versão setembro 2018, http://old.scielo.org/local/File/Guia%20de%20Boas%20Praticas%20para%20o%20Fortalecimento%20da%20Etica%20na%20Publicacao%20Cientifica.pdf

Resolução do Conselho Nacional de Saúde nº 510, de 07 de abril de 2016 – Dispõe sobre as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais, http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf

Sobre conflito de interesses: em relação às/aos consultoras/es externas/os, são considerados conflitos de interesse a existência de quaisquer fatores de índole política, religiosa, relacional ou outro que possa vir a comprometer a capacidade do mesmo de emitir juízo objetivo, afetando favorável ou desfavoravelmente o tratamento imparcial dos artigos submetidos a sua revisão. Quanto às/aos autoras/es, a revista considera conflito de interesses a existência de dependência financeira e/ou profissional que possa comprometer a produção objetiva de resultados de investigação, bem como sua interpretação. Em ambos os casos, cabe à comissão editorial decidir se um caso configura propriamente conflito de interesses.

 

Propriedade Intelectual             

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição BY.
O envio dos trabalhos implica a cessão imediata e sem ônus dos direitos de publicação para a revista, a qual é filiada ao sistema Creative Commons, atribuição CC-BY (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/). O autor é integralmente responsável pelo conteúdo do artigo e continua a deter todos os direitos autorais para publicações posteriores, devendo, se possível, fazer constar a referência à primeira publicação na revista.
A revista realiza, por meio de software copia e cola (Plagiarism Checker), a verificação de similaridade dos manuscritos recebidos para detectar textos não devidamente citados ou situações que caracterizem plágio. Os trabalhos em não conformidade são automaticamente rejeitados.

Processo de Avaliação pelos Pares

Horizontes Antropológicos trabalha com números temáticos. Os textos submetidos são inicialmente avaliados pelos editores e pelos organizadores de cada número para verificar se estão de acordo com a temática proposta, se possuem suficiente densidade teórica e se estão em conformidade com as Orientações para Autores. Os trabalhos aprovados nessa primeira fase são encaminhados a consultores externos, especialistas na área de conhecimento da pesquisa e com comprovada produção científica, para avaliação pelos pares no modelo duplo-cego. As recomendações das avaliações pelos pares podem ser: “aceitar”, “aceitar com modificações” e “rejeitar”. 

Os avaliadores observam os seguintes critérios:

  1. Relevância do tema abordado para a área da Antropologia;
  2. Adequação do título, resumo e palavras-chave ao conteúdo;
  3. Consistência da argumentação teórica; clareza do tema, dos objetivos e dos argumentos; qualidade da escrita;
  4. Integração entre o aporte teórico e os dados de campo (no caso de trabalhos etnográficos);
  5. Consistência, atualização e pertinência da bibliografia, da metodologia e das referências utilizadas;
  6. Adequação das ilustrações e tabelas ao texto apresentado (quando for o caso).

Finalizada a avaliação pelos pares, os artigos passam pela decisão final dos editores e dos organizadores, embasada nos pareceres emitidos pelos especialistas. Possíveis controvérsias na revisão pelos pares são dirimidas conjuntamente pelos organizadores de cada número temático e pelos editores da revista.

Os resultados da avaliação são encaminhados via e-mail aos autores ao final de cada etapa. Todo o processo de avaliação, da recepção do artigo até o resultado final, leva até seis meses. A taxa média de rejeição por volume é de 65 a 75%. A publicação dos artigos aprovados segue a periodicidade da revista: janeiro, junho e setembro. Nossas edições também são disponibilizadas online no dia 10 do mês de lançamento na SciELO, na plataforma SEER e em nossos perfis nas redes sociais acadêmicas (Academia.edu, Mendeley e ResearchGate).

Periodicidade

Quadrimestral

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona a democratização do conhecimento.

Conselho Editorial

Fontes de indexação

Os artigos publicados em Horizontes Antropológicos estão indexados nas principais bases de dados, indexadores de métricas, indexadores com metadados e buscadores:

Bases de Dados:

IBSS – International Bibliography of the Social Sciences  https://about.proquest.com/libraries/academic/databases/ibss-set-c.html  

ProQuest Social Science Journals via IBSS  https://about.proquest.com/libraries/academic/social-sciences/

Redalyc 

https://www.redalyc.org/

Revues.org

https://www.openedition.org/12236  

SciELO – Scientific Electronic Library Online

https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0104-7183&lng=pt&nrm=iso

SHERPA ROMEO

http://sherpa.ac.uk/romeo/search.php?issn=0104-7183&la=pt  

SCOPUS

https://www.scopus.com/sourceid/4700152715  

Web of Science via Scielo https://www.scimagojr.com/journalsearch.php?q=4700152715&tip=sid&clean=0

Indexadores de métricas:

CIRC

https://clasificacioncirc.es/ficha_revista?id=30132

https://clasificacioncirc.es/ficha_revista?id=45182  

CiteFactor

https://www.citefactor.org/journal/index/3293/horizontes-antropolgicos#.X0e1HchKg2w

Google Scholar

https://scholar.google.com.br/citations?user=918waiMAAAAJ&hl=pt-BR

Index Copernicus

https://journals.indexcopernicus.com/search/details?id=59816  

Scimago SJR

https://www.scimagojr.com/journalsearch.php?q=4700152715&tip=sid&clean=0

Indexadores com metadados:

BASE – Bielefeld Academic Search Engine

https://www.base-search.net/Search/Results?type=tit&lookfor=horizontes+antropol%C3%B3gicos&ling=0&oaboost=1&name=&thes=&refid=dcresen&newsearch=1

CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades 

http://132.248.9.1:8991/F/X3GG6G1P6Y4NQYYAP55DSM2XUAP65SQ2QU4HBJ7FLF612ME4H4-24764?func=find-b&request=horizontes+antropol%C3%B3gicos&find_code=WRE&adjacent=N&local_base=CLA01&x=0&y=0&filter_code_1=WLN&filter_request_1=&filter_code_2=WYR&filter_request_2=&filter_code_3=WYR&filter_request_3=

DOAJ – Directory of Open Acess Journals

https://www.doaj.org/toc/1806-9983  

Latindex

https://www.latindex.org/latindex/ficha?folio=17649 https://www.latindex.org/latindex/ficha?folio=17650  

RCAAP

https://diretorio.rcaap.pt/handle/1/248 

Buscadores:

1FINDR Elsevier

https://1findr.1science.com/home

Dr. Martin Luther King Jr. Library

https://sjsu-primo.hosted.exlibrisgroup.com/permalink/f/1gfqgrb/01CALS_ALMA51436643540002901  

EVIFA

https://hu-berlin.hosted.exlibrisgroup.com/permalink/f/1f5paqv/HUB_UB_ALMA_DS51647766900002882

EZB

http://ezb.uni-regensburg.de/searchres.phtml?bibid=AAAAA&colors=7&lang=en&jq_type1=QS&jq_term1=horizontes+antropol%F3gicos

J4F – Journals for Free

http://www.journals4free.com/link.jsp?l=12975549  

LatinRev - Red Latinoamericana de Revistas Académicas en Ciencias Sociales y Humanidades https://www.flacso.org.ar/latinrev/  

MIAR

http://miar.ub.edu/issn/0104-7183  

Periódicos CAPES

https://www.periodicos.capes.gov.br/

OPACplus - https://hu-berlin.hosted.exlibrisgroup.com/permalink/f/1f5paqv/HUB_UB_ALMA_DS51647766900002882

OpenEdition

https://www.openedition.org/12236   

Researching Brazil/ Pesquisa no Brasil

https://liblatam.sitehost.iu.edu/researching-brazil/index.php?go=hm

ROAD

https://road.issn.org/

WorldCat

https://www.worldcat.org/title/horizontes-antropologicos-revista-tematica-semestral-publicacao-do-programa-de-pos-graduacao-em-antropologia-social-da-universidade-federal-do-rio-grande-do-sul/oclc/643727117&referer=brief_results

Histórico do periódico

Horizontes Antropológicos é publicada pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGAS/UFRGS). Idealizada pelo professor Sérgio Alves Teixeira (in memoriam), um dos fundadores do Programa, a revista lançou seu primeiro número temático em janeiro de 1995. “Gênero” marcou a concretização de um projeto de longo prazo: a edição regular de um periódico acadêmico de alta qualificação e com abrangência internacional. A concretização deste projeto foi estimulada pelo desafio e pelo apoio propostos pelo Programa de Apoio à Editoração de Periódicos (PAEP), concebido em 1994 pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFRGS. O primeiro editor da revista foi Sérgio Alves Teixeira, que até fevereiro de 2020 foi seu editor honorário. Inicialmente, Horizontes Antropológicos publicava dois números temáticos por ano. A partir de 2017 a publicação passou a ser quadrimestral.

Horizontes Antropológicos tem suas raízes em duas publicações anteriores. Uma delas é o Caderno de Estudos, editado pelo Curso de Pós-Graduação em Antropologia, Política e Sociologia, encerrado em 1989. Mimeografado, de aparência modesta e com tiragem reduzida, chegou a 14 números. A outra é o Cadernos de Antropologia, surgido em 1990 e encerrado em 1994. Com boa qualidade gráfica, capa colorida e tiragem de 200 exemplares, Cadernos teve 12 números publicados.

Entre os periódicos Qualis A1 da área de Antropologia e Arqueologia, Horizontes Antropológicos se destaca pela publicação de artigos temáticos, o que lhe permite reunir textos originais de antropólogos de diferentes países que trabalham num mesmo tema. A combinação de publicação temática com a diversidade de idiomas (português, espanhol, francês e inglês) e com a diversidade institucional das/os autoras/es torna cada edição da revista uma referência bibliográfica. Outra singularidade é a escolha e a proposição de temas inovadores, multidisciplinares e atuais. Neste sentido, a revista desempenha um papel ativo na renovação da área e na abertura de novos horizontes de pesquisa e de debate acadêmico. Ao lado dos editores, os organizadores dos números têm assumido um papel fundamental na proposição de temas e na seleção dos artigos, o que confere ao periódico maior abrangência.

Embora dedicada a números temáticos, a revista mantém, por meio da seção Espaço Aberto, a publicação de artigos de excelente qualidade que não estão relacionados com o tema da edição. Esses artigos têm como base pesquisas de ponta e são escritos por pesquisadoras/es com reconhecimento internacional entre seus pares quanto ao domínio do tema abordado. Usualmente, são covidados pelos editores.