Avaliação da satisfação dos pacientes com o telediagnóstico em oftalmologia

Autores

  • Maria Eulália Vinadé Chagas Hospital Moinhos de Vento
  • Cassia Garcia Moraes Pagano Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS
  • Hilda Maria Rodrigues Moleda Constant Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS https://orcid.org/0000-0001-9349-4203
  • Vanessa Cristina Jacovas Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS
  • Roberto Umpierre Núcleo De Telessaúde, Universidade Federal Do Rio Grande Do Sul e Faculdade De Medicina, Universidade Federal Do Rio Grande Do Sul, Porto Alegre, RS
  • Maria Cristina Cotta Matte Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS
  • Lucas Matturro Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS
  • Luana Pereira Ribeiro Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS
  • Marcio Gustavo Santanna da Silva Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS
  • Alice Paul Waquil Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS https://orcid.org/0000-0002-4959-1433
  • Taís de Campos Moreira Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS
  • Felipe Cezar Cabral Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS

Palavras-chave:

Satisfação do Paciente, Teleoftalmologia, Atenção à Saúde, Telemedicina

Resumo

Introdução. A partir do uso de telemedicina é necessário obter os indicadores da satisfação dos serviços prestados a fim de descobrir se a qualidade do cuidado está sendo levada em consideração, bem como a equidade no acesso e promoção à saúde e tempo de espera para os atendimentos. O objetivo deste estudo foi avaliar a satisfação dos usuários de um programa de teleoftalmologia no Rio Grande do Sul, utilizando um questionário validado para avaliação da satisfação por telemedicina previamente traduzido e adaptado culturalmente.

Métodos. Foi realizado um estudo transversal, com pacientes atendidos nos pontos de telediagnóstico oftalmológico realizado via telemedicina síncrona. As respostas do questionário variam de 1 a 5, o resultado é avaliado pela média ou mediana de todos os itens, quanto maior a média, maior a satisfação.

Resultados. A amostra foi composta de 355 pacientes, sendo 238 (67%) do sexo feminino e a idade média foi de 43,92 anos (DP±13,39). Com relação a satisfação, a mediana total do escore de avaliação foi de 4,71 (IIQ: 4,65-4,72) o que indica um índice de satisfação elevado com o serviço de oftalmologia por telemedicina.

Conclusões. A satisfação elevada dos pacientes demonstra que esse modelo pode ser implementado em outros locais do Brasil, pois atende as expectativas dos pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hilda Maria Rodrigues Moleda Constant, Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS

Responsabilidade Social - PROADI-SUS, Hospital Moinhos De Vento, Porto Alegre, RS

Downloads

Publicado

2023-11-29

Como Citar

1.
Vinadé Chagas ME, Garcia Moraes Pagano C, Rodrigues Moleda Constant HM, Jacovas VC, Umpierre R, Cotta Matte MC, Matturro L, Pereira Ribeiro L, Santanna da Silva MG, Paul Waquil A, de Campos Moreira T, Cabral FC. Avaliação da satisfação dos pacientes com o telediagnóstico em oftalmologia. Clin Biomed Res [Internet]. 29º de novembro de 2023 [citado 23º de fevereiro de 2024];43(3). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/128827

Edição

Seção

Artigos Originais

Categorias