Efeitos da nutrição parenteral total associada à infecção bacteriana na função hepatobiliar de ratos da cepa Wistar

Autores

  • Amando A. Motta
  • Themis R. da Silveira
  • Paulo R.A. Carvalho
  • José C. Fraga
  • Juarez Cunha
  • Débora Martinho
  • Cláudia Martins
  • Ursula Matte
  • Gledson Gastaldo
  • Jorge Bajerski
  • Thadeu Czersk
  • Roberto Malmann
  • Susana Barcellos

Palavras-chave:

Alterações hepáticas, infecção, nutrição parenteral

Resumo

OBJETIVO: Avaliar as alterações hepáticas associadas à nutrição parenteral em ratos.
MATERIAIS E MÉTODOS: Foram avaliados quatro grupos com 10 ratos cada: grupo
I - controles alimentados, via oral, com dieta habitual; grupo II - em dieta habitual e
infectados com Escherichia Coli inoculada por via intra peritoneal; grupo III - em
nutrição parenteral; e grupo IV - em nutrição parenteral e infectados. Foram analisadas
as concentrações séricas de AST, ALT, GGT e 5’N no primeiro dia do experimento e
no oitavo dia da nutrição parenteral, por ocasião do sacrifício dos animais. O estudo
histológico do fígado dos 40 ratos consistiu na avaliação de degeneração hidrópica,
dilatação da veia centro-lobular, colestase, dilatação sinusoidal, proliferação de células
de Kupffer, necrose celular e esteatose. As alterações foram graduadas de 0 a 4+.
RESULTADOS: Os exames laboratoriais não foram consistentemente alterados ao
final do experimento. No grupo IV houve redução na concentração de GGT; além
disso, este foi o grupo que apresentou as maiores variações de AST e ALT,
possivelmente devido à maior agressão do parênquima hepático. Do ponto de vista
histológico, todos os animais submetidos à nutrição parenteral (com apenas uma
exceção) apresentaram dilatação da veia centro-lobular e dos sinusóides. Estes
achados foram mais comuns nos animais infectados. Não foram observadas esteatose
e/ou colestase.
CONCLUSÕES: 1) O modelo proposto de inoculação intra-peritoneal com Escherichia
Coli foi adequado para estudar infecção em ratos jovens da cepa Wistar; 2) os
resultados obtidos indicaram que a associação entre nutrição parenteral e infecção
determinou alterações histológicas inespecíficas, porém mais intensas do que as
alterações determinadas em cada uma dessas situações isoladamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-06-02

Como Citar

1.
A. Motta A, R. da Silveira T, R.A. Carvalho P, C. Fraga J, Cunha J, Martinho D, Martins C, Matte U, Gastaldo G, Bajerski J, Czersk T, Malmann R, Barcellos S. Efeitos da nutrição parenteral total associada à infecção bacteriana na função hepatobiliar de ratos da cepa Wistar. Clin Biomed Res [Internet]. 2º de junho de 2022 [citado 12º de abril de 2024];18(3). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/124800

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>