Determinação de parâmetros radiográficos de normalidade da face em crianças menores de um ano

Autores

Palavras-chave:

, Ossos da face, desenvolvimento infantil, radiografia

Resumo

Introdução: Realizar as medidas radiográficas do comprimento da face de amostra de crianças brasileiras do nascimento até um ano de vida para determinação de parâmetros radiográficos de normalidade. Materiais e Métodos: Foi realizada análise retrospectiva de radiografias simples de crânio para mensuração da face de crianças de até 12 meses em um hospital do sul do Brasil. Os exames foram realizados entre os anos de 2013 e 2018. Foram incluídas no estudo 170 radiografias cranianas de 85 crianças menores de um ano. Definidos parâmetros de mensuração, executados por três avaliadores e posteriormente comparados utilizando-se o coeficiente de correlação intraclasse e o teste ANOVA. Resultados: O coeficiente de correlação intraclasse foi alto, demonstrando a concordância dos examinadores e a reprodutibilidade das mensurações. Houve pequeno desvio padrão entre as medidas obtidas dos diferentes períodos etários. No geral, ocorreu crescimento da face estatisticamente significativo do primeiro ao terceiro trimestre. O crescimento foi menor e sem diferença estatisticamente significativa do terceiro para o quarto trimestre. Conclusão: Observou-se um aumento progressivo das dimensões dos ossos da face com o crescimento no primeiro ano de vida, especialmente nos primeiros 9 meses. A obtenção destes dados pode auxiliar na avaliação da normalidade para este período etário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-02-03

Como Citar

1.
Schuh GJ, Prediger JE, Schuh SJ, May GG, Maciel AC. Determinação de parâmetros radiográficos de normalidade da face em crianças menores de um ano. Clin Biomed Res [Internet]. 3º de fevereiro de 2021 [citado 7º de dezembro de 2022];40(2). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/106538

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)