Obras verticais magistrais: a composição desmaterializada de espaços aerados

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2179-8001.120007

Palavras-chave:

Arquitetura, Cheios e Vazios, Desconstrução, Ventilação

Resumo

O ensaio consiste em principalmente abordar obras como Burj Khalifa (2010) do projeto de Skidmore, Owings e Merrill e BahrainWorld Trade Center (2008) do projeto de WS Atkins, que se utilizam de composições aeradas. Na leitura dessas obras arquitetônicas, foram trabalhadas as interpretações de princípios ativos de desconstrução da forma, para permitir a instalação de espaços de ventilação e integração maior com o aspecto bioclimático.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arthur Emmanuel de Medeiros Nóbrega, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Doutorando. Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Ambientais, Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia. Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Campo Grande.

Antonio Conceição Paranhos Filho, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Professor Doutor. Livre Docente. Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Ambientais, Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia. Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Campo Grande. 

Referências

Acoustic Wind Pavilion | Aeolus by Luke Jerram. Disponível em https://www.lukejerram.com/aeolus/ . Acesso em: 25/02/2022.

AMORIM, Margarete C. C. T. Climatologia e gestão do espaço urbano. Mercator: Revista de Geografia da UFC, Fortaleza, v. 9, n. 1, p. 71-90, 2010.

Anthony Howe. Disponível em: https://www.howeart.net/ . Acesso em: 25/02/2022.

BELANTARA, Amanda; DRUMM, Ian. Touring a singing sculpture to promote acoustics. Acoustics 2012, Apr 2012, Nantes, France.

BLAUTH, Lurdi. Ativar o vazio/cheio numa produção gráfica pessoal. PORTO ARTE: Revista de Artes Visuais, v. 13, n. 23, 2005.

BOBROVA, Darya. Building-integrated wind turbines in the aspect of architectural shaping. Procedia engineering, Amsterdam, v. 117, p. 404-410, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.proeng.2015.08.185

CAETANO, Murilo Mattei. A gênese dos Strandbeests: alguns aspectos sobre os limites entre organismos e máquinas. 2019. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal de Santa Catarina.

CAO, Yang. Artistic Characteristics of Dynamic Interaction Sculpture Design. In: 1st International Symposium on Innovation and Education, Law and Social Sciences (IELSS 2019). Atlantis Press, 2019. p. 378-382.

CHRONIS, Angelos; LIAPI, Katherine; SIBETHEROS, Iohannis. A parametric approach to the bioclimatic design of large scale projects: The case of a student housing complex. Automation in construction, Amsterdam, v. 22, p. 24-35, 2012. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.autcon.2011.09.007

CÓSTOLA, Daniel. Ventilação por ação do vento no edifício: procedimentos para quantificação. 235p. Tese. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

EASTLAKE, Charles N., DAHMEN Sílvio Renato. A visão de um engenheiro aeronáutico acerca da sustentação, Bernoulli e Newton. Física na escola. São Paulo, Vol. 7, n. 2, p. 52-57, 2006.

FROTA, Anésia B.; SCHIFFER, Sueli. Manual de conforto térmico. 5. ed. São Paulo: Nobel. 2001.

KORMANÍKOVÁ, Lenka et al. Parametric wind design. Licensed under Creative Commons. Frontiers of Architectural Research, v. 7, n. 3, p. 383-394, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.foar.2018.06.005

NGUYEN, Anh-Tuan; REITER, Sigrid; RIGO Philippe. A review on simulation-based optimization methods applied to building performance analysis. Applied Energy, Amsterdam, v. 113, p. 1043-1058, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.apenergy.2013.08.061

OLGYAY, Victor. Design with climate: bioclimatic approach to architectural regionalism-new and expanded edition. Princeton University Press, 2015. Kindle Edition.

SOGABE, Milton. O espaço das instalações de arte. ARTECH 2008, p. 129, 2008.

STAVRIDOU, Anastasia D. Breathing architecture: Conceptual architectural design based on the investigation into the natural ventilation of buildings. Frontiers of Architectural Research, v. 4, n. 2, p. 127-145, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.foar.2015.03.001

Strandbeest: Home. Disponível em: https://www.strandbeest.com. Acesso em: 25/02/2022.

SZOLOMICKI, Jerzy; GOLASZ-SZOLOMICKA, Hanna. Licensed under Creative Commons. Technological Advances and Trends in Modern High-Rise Buildings. Buildings, Basel, v. 9, n. 9, p. 193, 2019. Licença de Creative Commons. Disponível em: https://doi.org/10.3390/buildings9090193

Arquivos adicionais

Publicado

2021-12-27

Como Citar

Nóbrega, A. E. de M., & Paranhos Filho, A. C. (2021). Obras verticais magistrais: a composição desmaterializada de espaços aerados. PORTO ARTE: Revista De Artes Visuais, 26(46), 15. https://doi.org/10.22456/2179-8001.120007

Edição

Seção

DOSSIÊ: Espaços Maleáveis