Diálogos entre imagens: fotografia e pintura na pop art britânica

Autores

  • Annateresa Fabris

DOI:

https://doi.org/10.22456/2179-8001.10759

Palavras-chave:

Comunicação de massa, fotografia, pintura, Paolozzi, Hamilton.

Resumo

Os artistas do Grupo Independente demonstram, desde o começo dos anos 1950, um interesse acentuado pelos produtos e pelos ícones da comunicação de massa. A imagem fotográfica ocupa um lugar central na prática de integrantes do grupo como Paolozzi e Hamilton, denotando uma vontade profunda de rever o repertório artístico tradicional e de propugnar a adesão a uma iconografia contemporânea, extraída, em grande parte, do circuito da comunicação social. Enquanto Paolozzi explora claramente a heterogeneidade material da colagem, Hamilton realiza um trabalho mais complexo entre imagem técnica e imagem pictórica. Graças à mediação da pintura, a imagem efêmera da comunicação de massa transforma-se, com ele, num paradigma histórico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Arquivos adicionais

Publicado

2009-10-09

Como Citar

Fabris, A. (2009). Diálogos entre imagens: fotografia e pintura na pop art britânica. PORTO ARTE: Revista De Artes Visuais, 15(25). https://doi.org/10.22456/2179-8001.10759