Escola de virtudes: a dança na São Paulo do século XIX (décadas de 1830-1860)

Victor Andrade Melo, Flávia Cruz Santos

Resumo


O objetivo deste estudo é discutir as experiências com a dança promovidas em São Paulo entre os anos 1830 e 1860, mais especificamente os discursos que as consideravam como uma escola de virtudes, estratégias para educar tendo em conta novas exigências sociais que se delineavam na cidade. Trata-se, portanto, de investigar iniciativas de educação do corpo, entendida como processo amplo de adequação a certos costumes, algo que passa pelo aprendizado de técnicas corporais, bem como de comportamentos julgados adequados. O recorte temporal teve em conta os primeiros indícios de ensino estruturado da prática e o início do momento em que houve um grande desenvolvimento da capital paulista. Como fontes, foram utilizados periódicos publicados no período.


Palavras-chave


Dança; História da Educação; Educação do Corpo

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais 2018 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo