Conhecimento escolar: processos de seleção cultural e de mediação didática

Alice Ribeiro Casimiro Lopes

Resumo


Neste artigo, iniciamos pelo questionamento da homologia entre cultura erudita e cultura dominante e defendemos perspectivas que admitem a existência da divisão social do conhecimento: cultura popular, cultura erudita. Em seguida, analisamos os processos de seleção cultural, considerando o conhecimento escolar como campo de acordos e conflitos, não necessariamente garantidores de um saber sistematizado universal, erudito e / ou científico. Por fim, questionamos a concepção do conhecimento escolar como uma "ponte" capaz de mascarar a ruptura entre conhecimentos cotidianos e científicos. Por conseguinte, defendemos que os processos de mediação didática são eminentemente produtores de configurações cognitivas próprias, mas nem sempre são capazes de tomar público o conhecimento científico privativo de determinados grupos sociais.


Palavras-chave


cultura; cultura dominante; cultura dominada; cultura erudita; cultura popular; seleção cultural; conhecimento escolar

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Alice Ribeiro Casimiro Lopes

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo