Ensino Médio Noturno em Escolas Públicas Paulistas: indicações de qualidade

Theresa Maria Adrião, Teise Garcia, Adriana A. Silveira

Resumo


Este trabalho resulta de um estudo comparado, desenvolvido em dez escolas
públicas localizadas no Estado de São Paulo, nas quais se pressupunha a oferta do
Ensino Médio Noturno de qualidade. Para a seleção dos casos investigados,
consideraram-se indicadores elaborados no âmbito da pesquisa Ensino Médio:
experiências em escolas públicas (2005) financiada pelo MEC/Unesco. Da análise das
informações coletadas por meio de questionários endereçados aos profissionais e alunos
do noturno de cada escola, aliada à observação de campo, apresentam-se características
institucionais e fatores extra-escolares que, na opinião desses segmentos, constituem
evidências da qualidade da escola. Dentre essas se destacam: flexibilidade curricular,
liderança dos dirigentes, clima de diálogo entre profissionais da escola e estudantes e
expectativa positiva em relação ao futuro dos alunos. Tais fatores confirmam estudos
anteriores.

Palavras-chave


Ensino Médio. Democratização. Ensino Noturno. Qualidade.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo