A Prevenção de Homicídios: a experiência do Programa Fica Vivo no Morro das Pedras

Andréa Silveira

Resumo


Os homicídios constituem um importante problema de segurança e
saúde pública no Brasil. A despeito disto, programas de prevenção a estes eventos são
raros em nosso meio. Em 2002, iniciou-se, em Belo Horizonte – Minas Gerais – o
Programa de Controle de Homicídios – Fica Vivo. Inspirado na teoria da desorganização
social para explicar o fenômeno criminoso, trata-se de um programa focalizado em áreas
violentas, que articula ações de natureza policial com ações de suporte social. A avaliação
dos impactos do programa na região do Morro das Pedras mostrou redução importante
dos homicídios, assim como redução da violência no interior das escolas, das restrições
ao livre trânsito na comunidade, de assaltos a ônibus, padarias e transeuntes. Estes
resultados apontam que o modelo do Fica Vivo pode constituir uma importante alternativa
preventiva para comunidades pobres com altas taxas de homicídios.

Palavras-chave


Homicídios. Prevenção. Violência.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo