Diretrizes Curriculares e Professores Formadores: que relação é essa?

Mara Rejane Vieira Osório

Resumo


Este texto, a partir de estudos foucaultianos, problematiza a relação entre professores formadores e as reformas curriculares realizadas em três licenciaturas de uma instituição universitária de ensino superior (IES) pública. Envolvidos em atender e gerenciar demandas internas e externas, esses professores estão se constituindo como novos sujeitos. Neste sentido, questões fundamentais (bem comum, pedagógicas, valores, metas cognitivas, complexidade política) têm perdido espaço e esse sujeito passa a tratar do seu trabalho de modo técnico/pragmático; nesse processo, parece se afastar das possibilidades de interferir na produção e discussão dos currículos das licenciaturas.


Palavras-chave


Currículo. Licenciatura. Professores. Reforma. DCN.

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais 2017

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo