Cultura Digital, Educação Midiática e o Lugar da Escolarização

David Buckingham

Resumo


Neste artigo, abordo alguns dos desafios exigidos das escolas pelas culturas digitais emergentes dos jovens. Questiono a ideia de que a escola seja uma instituição ultrapassada e que seu fim seja iminente e previsível; o relato de umas relações necessariamente libertadoras ou empoderadora dos mais jovens com a mídia digital, promotora de estilos mais espontâneos e ‘informais’ de aprendizagem; também a ideia de que a tecnologia ofereça uma forma mais eficiente para as escolas atingirem sua missão tradicional. Argumento que as escolas podem desempenhar um papel pró-ativo, ao apresentar tanto perspectivas críticas quanto oportunidades de participação em relação à nova mídia e que a participação dos jovens nos ‘mundos cibernéticos’ levanta algumas questões fundamentais quanto ao futuro da escola como instituição.


Palavras-chave


Cultura digital. Educação. Escolarização.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo