Quatro olhares para a Cia de Foto

Camila Monteiro Schenkel, Rafael Jacinto, João Kehl, Pio Figueiroa, Carolina Lopes

Resumo


Ao longo de dez anos de atividade, o coletivo Cia de Foto desenvolveu trabalhos em artes visuais, jornalismo e publicidade. A insistência em creditar suas obras apenas ao grupo, sem indicar qual ou quais integrantes estavam envolvidos diretamente em sua produção, colocou a Cia de Foto no centro das discussões sobre autoria e sobre as formas de produção de fotografia na contemporaneidade. Entre 2003 e o final de 2013, quando anunciou o encerramento de suas atividades, o coletivo foi expandindo e transformando sua atuação, além de passar por diversas formações e tentativas de organização. As entrevistas a seguir apresentam um balanço da trajetória do grupo a partir do ponto de vista de seus quatros membros.

Palavras-chave


Fotografia. Coletivos. Autoria Compartilhada. Arte Contemporânea.

Texto completo:

PDF-PT

Referências


Todas as entrevistas foram realizadas em São Paulo em dezembro de 2015 e estão organizadas pela ordem em que ocorreram. Como os textos precisarem ser reduzidos em alguns trechos, foram priorizadas informações sobre a constituição do coletivo, formas de atuação e trabalhos mais representativos. O material foi coletado por ocasião de minha pesquisa de doutorado, realizada no PPGAV-UFRGS com bolsa CAPES, que resultou na tese Manter os olhos abertos diante do abismo: a produção compartilhada de imagens em coletivos de arte contemporânea, defendida em outubro de 2016.




DOI: https://doi.org/10.22456/2179-8001.76316

Direitos autorais 2017 Camila Monteiro Schenkel, Rafael Jacinto, João Kehl, Pio Figueiroa, Carolina Lopes

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

PORTO ARTE: e-ISSN 2179-8001


INDEXADORES

PROPESQ

"

LATINDEX

Resultado de imagem para redib logo