Alternativa Zero – um marco da experimentação em Portugal

Paulo Roberto de Oliveira Reis

Resumo


A exposição “Alternativa Zero – tendências polêmicas na arte portuguesa contemporânea” (1977), organizada por Ernesto de Sousa, foi construída nos termos de um projeto amplo e diverso de vanguarda. Ela buscou posicionar a arte contemporânea de Portugal em relação à produção da arte experimental internacional, à nova realidade sociopolítica do fim da ditadura, ao isolamento cultural do país, aos desafios do debate cultural interno e a uma nova postura comprometida dos artistas.


Palavras-chave


Ernesto de Sousa. Exposição de arte. Arte experimental.

Texto completo:

PDF

Referências


ADES, Down. Arte na América Latina: a era moderna, 1820-1980. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 1997.

ALBERRO, Alexander. Conceptual art and the politics of publicity. Massachusetts: MIT Press, 2003.

ALMADA, um nome de guerra 1969-1972/1984. Catálogo. Porto: Museu Serralves, 2012.

ALTERNATIVA Zero – tendências polémicas na arte portuguesa contemporânea. Catálogo. Lisboa: Secretaria de Estado da Cultura, 1977.

AREAL, António. Textos de Crítica e de Combate na Vanguarda das Artes Visuais. Lisboa: ed. autor, 1970.

BUTLER, Cornelia. From Conceptualism to Feminism – Lucy Lippard´s Number Shows 1969-74. Londres: Afterall Books, 2012.

ERNESTO de Sousa e a Arte Popular. Catálogo. Centro Internacional das Artes José de Guimarães. Guimarães: Documenta, 2014.

ERNESTO de Sousa – Itinerários. Catálogo. Porto: Secretaria de Estado da Cultura e Casa de Serralves,1987.

ERNESTO de Sousa – Revolution my body. Catálogo. Lisboa: CAM – Fundação Gulbenkian, 1998.

FERGUSSON, Bruce; GREENBERG, Reesa; NAIRNE, Sandy (org.). Thinking about exhibitions. Nova York: Routledge, 1996.

GENTIL-HOMEM, Carlos. Alternativa Zero – tendências polémicas na arte portuguesa contemporânea. Lisboa: Galeria Nacional de Arte Moderna (1977). 1 cartaz color.

HUYSSEN, Andreas. Culturas do passado-presente – modernismos, artes visuais, políticas da memória. Rio de Janeiro: Contraponto e Museu de Arte do Rio, 2014.

JÜRGENS, Sandra Vieira. Instalações provisórias – Independência, autonomia, alternativa e informalidade. Lisboa: Sistema Solar; In.Transit; Stet, 2016.

MADEIRA, Cláudia. Performance arte portuguesa – questões sociológicas em torno de uma história em processo. In: Congresso Português de Sociologia, 7, 2014. Livro de Actas do VIII Congresso Português de Sociologia, 40 anos de Democracias: progressos, contradições e prospectivas, Évora, 2014

NOGUEIRA, Isabel. Alternativa Zero (1977): o reafirmar da possibilidade de criação. Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX: Universidade de Coimbra, 2008.

NOGUEIRA, Isabel. Artes plásticas e crítica em Portugal nos anos 70 e 80: vanguarda e pós-modernismo. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2013.

OLIVEIRA, L. C. S. R. A. Fundação Calouste Gulbenkian: estratégias de apoio e internacionalização da arte portuguesa 1957-1969. Tese (Doutorado em História da Arte) – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2013.

PERSPECTIVA: Alternativa Zero. Catálogo. Porto: Fundação de Serralves, 1997.

PORTELA, Artur. Salazarismo e artes plásticas. Lisboa: Ministério de Educação e Cultura, 1987. PDF

REIS, Paulo. Arte de vanguarda no Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2006.

SILVA, Raquel Henriques da. Os anos 70 depois do 25 de Abril. In: Anos 70 Atravessar Fronteiras. Catálogo. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2009.

SOUSA, Carlos Mendes; RIBEIRO, Eunice. Antologia da Poesia Experimental portuguesa: anos 60 – 80. Coimbra: Angelus Novus, 2004.

SOUSA, Ernesto de. Ser moderno... em Portugal. Lisboa: Assírio e Alvim, 1998.

SANTOS, Mariana Pinto dos. Vanguarda & outras loas – percurso teórico de Ernesto de Sousa. Lisboa: Assírio & Alvim, 2007.

WALKER, John A., Left shift: radical art in 1970’s Britain. Londres: I.B.Tauris Publishers, 2002.




DOI: https://doi.org/10.22456/2179-8001.104165

Direitos autorais 2020 Paulo Roberto de Oliveira Reis

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

PORTO ARTE: e-ISSN 2179-8001


INDEXADORES

PROPESQ

"

LATINDEX

Resultado de imagem para redib logo