A EUROPA DE MOSCO: TRADUÇÃO E ESTUDO DOS ELEMENTOS ERÓTICOS

Fernando Rodrigues Junior, Barbara da Costa Silva

Resumo


A partir da tradução do poema hexamétrico Europa atribuído a Mosco de Siracusa, o presente artigo pretende discutir a ênfase dada nessa composição aos elementos eróticos.  Ao detectar as alusões no poema a narrativas épicas anteriores, tais como a Odisseia, o Catálogo das Mulheres e o Hino Homérico a Deméter, serão feitos alguns comentários sobre a maneira como Mosco explora o erotismo já presente no epos arcaico, conferindo-lhe um enfoque central.

Palavras-chave


Mosco de Siracusa; Europa; épica; literatura helenística; erotismo

Texto completo:

PDF


ISSN eletrônico: 2236-4013


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribuition 3.0.


Indexadores: 


 

 

cariniana 2

 

TRANSLATIO
Instituto de Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500, CEP 91540-000
Porto Alegre - RS
Email: translatio.ufrgs@gmail.com