Ensino superior noturno no Brasil: história, atores e políticas

Autores

  • Armando Terribili Filho Fundação Armando Alvares Penteado - São Paulo
  • Ana Clara Bortoleto Nery

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol25n12009.19327

Resumo

O objetivo do artigo é analisar algumas particularidades do ensino superior noturno no país, considerando a grande magnitude de matrícula (61,7% do total de matrículas), fato que transformou o ensino universitário noturno em instrumento de inclusão social. No artigo, caracteriza-se o corpo discente do noturno e resgatam-se aspectos históricos do ensino superior e do exercício da profissão docente no período noturno. Está em questão a relevância das atuais políticas públicas em matéria de ensino superior noturno para atender às demandas da sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-03-30

Como Citar

Terribili Filho, A., & Nery, A. C. B. (2011). Ensino superior noturno no Brasil: história, atores e políticas. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 25(1). https://doi.org/10.21573/vol25n12009.19327

Edição

Seção

Educação Superior em Debate