A formação de competências socioemocionais na política nacional de alfabetização: uma análise crítica

Jane Rigoldi dos Santos, Juliana Piovesan Vieira, Marli Delmonico de Araujo Futata

Resumo


O artigo discute a inclusão da formação socioemocional na Política Nacional de Alfabetização (PNA), expressa no decreto nº 9.765/2019, e sua vinculação com as propostas do Instituto Ayrton Senna (IAS), apresentadas no documento “Alfabetização 360º”. O objetivo é apresentar a concepção de alfabetização difundida pelo IAS e como esta representa a manutenção da precarização do processo de alfabetização no Brasil, ao trazer elementos secundários do processo de ensino e aprendizagem, como primários, neutralizando e dissolvendo a função da escola pública. Amparados pelo referencial teórico do materialismo histórico-dialético, entendemos que nenhuma prática de alfabetização é neutra, mas envolta por lutas, disputas de interesses, que tanto podem propor perspectivas de alfabetização que contribuam para a superação da sociedade capitalista, como também, de modo contraditório, como a “Alfabetização 360º”, podem propor a adaptação, ao reafirmar a formação de comportamentos amáveis, resilientes, condizentes com as necessidades do capital em um contexto de crise social e produtiva. Para desenvolver o artigo, realizamos uma pesquisa documental e bibliográfica de análise de documentos legislativos brasileiros (PNA), relatórios de organizações internacionais (UNESCO), folheto do IAS, artigos científicos e textos de autores da psicologia histórico-cultural. A conclusão a que chegamos é: está em curso um processo de reconfiguração do que entendemos ser alfabetização, direcionado pelo IAS, para o qual alfabetizar é mais do que ler e escrever textos, mas deter capacidades de leitura e regulação de emoções, pontuada como competência socioemocional. Há um processo de reconfiguração do conceito de alfabetização, que em nosso entendimento deve ser refutado.


Palavras-chave


Alfabetização; Instituto Ayrton Senna; Competências Socioemocionais

Texto completo:

PDF PDF

Referências


ALMEIDA, Melissa Rodrigues de. A formação social dos transtornos do humor. 2018. 415 f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) – Faculdade de Medicina de Botucatu, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Botucatu, 2018.

ALVES, Giovanni. Trabalho e subjetividade: o espírito do toyotismo na era do capitalismo manipulatório. São Paulo: Boitempo, 2011.

BRASIL. Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 jun. 2014b. Edição extra. Disponível em: . Acesso em: 18 out. 2014.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular Educação é a Base. (2017), Brasília: MEC. Disponível em:. Acesso em: 14 fev. 2019.

BRASIL. Decreto nº 9.765, de 11 de abril de 2019. Institui a Política Nacional de Alfabetização. Disponível em: . Acesso em: 14 mar. 2020.

CARVALHO, Elma Júlia Gonçalves de. A Educação Básica brasileira e as novas relações entre o Estado e os empresários. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 11, n. 21, p. 525-541, jul./dez. 2017. Disponível em: . Acesso: 10 abr. 2018.

CIERVO, Tassia Joana Rodrigues.; SILVA, Roberto Rafael Dias da. A centralidade das competências socioemocionais nas políticas curriculares contemporâneas no Brasil. Revista e-Curriculum, São Paulo, v.17, n.2, p. 382-401 abr./jun. 2019. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2019.

DALE, Roger. Globalização e Educação: demonstrando a existência de uma “cultura educacional mundial comum” ou localizando uma “agenda globalmente estruturada para a educação”? Educ. Soc., Campinas, vol. 25, nº 87, p.423-460, maio/ago. 2004.

Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?>. Acesso em: 15 out. 2014.

FRADE, Isabel C. A. da S. Meta 5: Alfabetização. In: OLIVEIRA, João Ferreira de. ARAÚJO, Heleno; GOUVEIA, Andrea Barbosa. Caderno de avaliação das metas do Plano Nacional de Educação: PNE 2014-2024. Organização: [Livro Eletrônico]. – Brasília: ANPAE, 2018. Disponível em:

. Acesso em: 30 nov. 2019.

FUTATA, Marli Delmonico de Araujo. Breve análise sobre o toyotismo: modelo japonês de produção – Revista Espaço Acadêmico – Nº 47 – abril de 2005. Disponível em: . Acesso em: 30 abr. 2005.

GARCIA, Jeferson Diogo. d. A. Política educacional a partir de 1990: uma análise dos fundamentos e a função social da formação para cidadania ativa. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá. 2015.

GASPARIN, João Luiz. Uma Didática para a Pedagogia Histórico-Crítica. 3. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2002.

GOLEMAN, Daniel. Inteligência Emocional. A teoria revolucionária que define o que é ser inteligente. Tradução Marcos Santarrita. Rio de Janeiro: Objetiva, 2011.

INSTITUTO AYRTON SENNA. Reunião Ordinária CONSED. Belo Horizonte MG 17/08/2017. Disponível em:

INSTITUTO AYRTON SENNA. Alfabetização 360° na perspectiva da educação integral. c2019. Disponível em: . Acesso em: 11 fev. 2019.

LEONTIEV, Alexei. O desenvolvimento do psiquismo. 2. ed. São Paulo: Centauro, 2004.

LEONTIEV, Alexei. Os Princípios do Desenvolvimento Mental e o Problema do Atraso Mental. In: LURIA, Alexander R. et al. Psicologia e Pedagogia: bases para psicológicas da aprendizagem e do desenvolvimento. Tradução de Rubens Eduardo Frias. São Paulo: Centauro, 2005.

MACHADO, Maria M. META 9: ALFABETIZAÇÃO E ALFABETISMO FUNCIONAL DE JOVENS E ADULTOS. In: OLIVEIRA, João Ferreira de. ARAÚJO, Heleno.; GOUVEIA, Andrea Barbosa. Caderno de avaliação das metas do Plano Nacional de Educação: PNE 2014-2024. Organização: [Livro Eletrônico]. – Brasília: ANPAE, 2018. Disponível em: . Acesso em: 30 nov. 2019.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. Departamento de Ensino de Primeiro Grau. Currículo Básico Para a Escola Pública do Estado do Paraná. Curitiba, Paraná: [Imprensa Oficial do Estado do Paraná], 1990.

SANTOS, Daniel; PRIMI, Ricardo. Desenvolvimento socioemocional e aprendizado escolar: uma proposta de mensuração para apoiar as políticas públicas. São Paulo: OCDE, Instituto Airton Senna, Governo do Rio de Janeiro, 2014.

SANTOS, Jane Eire Rigoldi dos. Política de Avaliações Externas: A Ênfase na Questão das Competências Cognitivas e Socioemocionais. 2015. 170 f. Dissertação de Mestrado em Educação, Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia Histórico-Crítica. Campinas, SP: Autores Associados, 2005.

UNESCO. Educação de Qualidade no Brasil. [s.d]. Disponível em: . Acesso em: 14 mar. 2020.

UNESCO. Educação para Todos: O compromisso Dakar (2001). Disponível em: . Acesso em: 13 fev. 2020.

VIEIRA, Juliana Piovesan. Organização do Ensino nos Anos Iniciais: Reflexões Sobre Atividades de Leitura. Dissertação de Mestrado em Educação, Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2012.

VIEIRA. Juliana Piovesan; SANTOS. Jane Eire Rigoldi dos. Alfabetização: uma análise a partir das relações de produção. VII CIPSI - Congresso Internacional de Psicologia da UEM. (2018). Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2020.

VIGOTSKI, Lev Semyonovich. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

VIGOTSKI, Lev Semyonovich. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2000.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol37n12021.104847

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573