THABO MBEKI COMO O PANTEÃO AFRICANO: REIVINDICANDO O SÉCULO XXI PARA A ÁFRICA GLOBAL

Chris Landsberg

Resumo


Thabo Mbeki é um pan-africano global por direito próprio, e um dos principais líderes pensadores pan-africanos da sua geração. O homem que foi chamado de sensível, implacável e intransigente, deixou uma marca nítida no discurso pan-africano, tanto durante como após o seu mandato como o segundo presidente democraticamente eleito da África do Sul. Este estrategista, que adotou um estilo de liderança transformacional e visionário, ganhou sua credibilidade, em parte, fazendo uma contribuição única para o pan-africanismo e está, de fato, entre os panteões pan-africanos. Ele perseguiu um Renascimento Africano como uma visão e uma estratégia voltada para o mundo africano em geral - uma estratégia da África Global. Como um dos panteões pan-africanos - heróis - ele fez contribuições importantes não apenas para o afro-continentalismo, mas também para a África Global, em outras palavras, para a África continental e a diáspora.


Palavras-chave


Thabo Mbeki, África Global, Renascimento Global Africano, África reivindicando o século XXI, Cooperação Sul-Sul, Diálogo norte-sul

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2448-3923.91594

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Estudos Africanos (RBEA)

e-ISSN 2448-3923; ISSN 2448-3907

Publicação do CEBRAFRICA/UFRGS