“THIS MADE THEM SAID AN 'ÉGUA' IN THE MIDDLE OF THE CONVERSATION” – TRANSLINGUAGEM E IDENTIDADE AMAZÔNICA

Autores

  • Silvia Cristina Barros de Souza Hall Universidade Federal do Oeste do Pará

DOI:

https://doi.org/10.22456/2238-8915.103410

Resumo

Este artigo traz uma experiência que evidenciou como a translinguagem funcionou como uma forma benéfica de se trabalhar a língua inglesa na Amazônia na visão dos próprios participantes. A experiência ocorreu em uma disciplina onde futuros professores discutiram não só as particularidades estruturais da língua inglesa, mas também se engajaram em um novo modo de pensar a língua. Através de práticas orais e narrativas, identificou-se que os alunos participantes translinguajavam de modo que pudessem renegociar línguas e culturas, apropriando-se delas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvia Cristina Barros de Souza Hall, Universidade Federal do Oeste do Pará

Doutora em Inglês: Estudos Linguisticos e Literários pela UFSC, com estágio sanduíche na Universidade de Portsmouth, Reino Unido. Professora da UFPA.

Downloads

Publicado

2021-01-06

Como Citar

HALL, S. C. B. de S. “THIS MADE THEM SAID AN ’ÉGUA’ IN THE MIDDLE OF THE CONVERSATION” – TRANSLINGUAGEM E IDENTIDADE AMAZÔNICA. Organon, Porto Alegre, v. 35, n. 70, p. 1–15, 2021. DOI: 10.22456/2238-8915.103410. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/organon/article/view/103410. Acesso em: 26 nov. 2022.