Soberania e administração do Novo Mundo: das leis

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/0104-6594.73274

Palavras-chave:

História do Direito, Direito Indiano, Direito Urbano Ibero-Americano

Resumo

RESUMO

O artigo aborda a evolução histórica da base legal da Península Ibérica, desde o período romano até a consolidação do Direito Indiano no século XVII, incluindo as denominadas Leis das Índias (espanholas), assim como as Ordenações Filipinas (portuguesas). O estudo buscou identificar as origens, influências e os contextos sociais que contribuíram para a definição de instruções, ordenações, cédulas, cartas régias e leis que foram aplicadas na América pelos reinos de Espanha e Portugal.  Teve como objetivo identificar as normativas e a base legal que deu origem aos distintos padrões de ocupação e urbanização das duas Coroas nos processos de conquista e colonização empreendidos a partir dos descobrimentos.

PALAVRAS-CHAVE

História do Direito. Direito Indiano. Direito Urbano Ibero-Americano.


ABSTRACT

This article covers the historic evolution of the legal basis of the Iberic Peninsula, since Roman times to the consolidation of Indian Rights in the 17th century, including the so said Law of the Indies (Spanish) as well as the Philippine Ordinations (Portuguese). This study attempted to identify the origins, influences and the social contexts that have contributed to the definition of instructions, ordinations, bills, royal acts and laws that have been applied in America by Spain and Portugal. This investigation aimed to identify the norms and legal basis that originated the different patterns of occupation and urbanization of these two crowns along the conquest and colonization processes that started during the Discoveries Era.

KEYWORDS

History of Law. Indian Law. Ibero-American Urban Law.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Antônio Bolcato Custódio, UniRitter - Laureate International Universities Faculdade de Arquitetura e Urbanismo PPGAU

Professor titular de graduação e PPGAU do Centro Universitário Uniritter/Laureate - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo 

Arquiteto do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN

D

Referências

ALMEIDA, Cândido Mendes de. Código Phillipino ou Ordenações e Leis do Reino de Portugal: recopiladas por mandado d’el Rei D. Filipe I. Ed. Fac-similar da 14ª ed. Brasília, Senado Federal, 2004, 2 vol.

DOCUMENTOS: Arquivo Geral de Índias, Sevilha: AGI, Ind. Geral, Leg. 247, lib. 29, Fol. 63-93.

ESPAÑA OSEJO, Paola. El Régimen de la Tierra en el Cedulario de Encinas. Trabajo de grado presentado como requisito para optar al título de Abogado. Bogotá: Pontificia Universidad Javeriana, 2005.

FERNÁNDEZ HERRERO. Beatriz, La utopía de América. Teoría. Leyes. Experimentos. Barcelona: Anthropos, 1992.

FERREIRA, Waldemar. História do Direito Brasileiro. Tomo I, Bastos, Rio de Janeiro: Ed. Freitas, 1951.

GUEVARA AMORTEGUI, Fernando. In ROUX, Rodolfo. Cómo se legitima una conquista: fe y derecho en la conquista española de América. Bogotá: Nueva América, 1998.

MORALES FOLGUERA, José Miguel. La Construcción de la Utopía. El Proyecto de Felipe II (1556-1598) para Hispanoamérica. Madrid: Editorial Biblioteca Nueva, 2001.

NUNES, Paulo Henrique Faria. A Importância do Pensamento Hierocrático na Consolidação da Noção de Soberania. UNAM Instituto de Pesquisas Jurídicas da UNAM. 2005. Disponível em: <http://www.direitointernacional.cjb.net>. Acesso em: 10 de novembro de 2007.

SARAIVA, José Hermano. História Concisa de Portugal. Lisboa. Europa-América, 2005.

SÁNCHEZ BELA, Ismael. Documentos Vaticanos sobre la Recopilación de Indias de 1680. In Historiografía y Bibliografía Americanistas. Sevilla: Publicaciones EEHA, 1972.

REIS FILHO, Nestor Goulart. Evolução Urbana no Brasil: 1500-1720. São Paulo: Pini, 2001.

Publicado

2018-12-31