Contribuições da Teoria da Aprendizagem Multimídia e da Usabilidade para aprendizagem de Libras e Língua Portuguesa por meio de aplicativos móveis

Autores

  • Maristela Compagnoni Vieira
  • Ygor Corrêa PPGIE/UFRGS
  • Jean Felipe Patikowski Cheiran UNIPAMPA
  • Lucila Maria Costi Santarosa PPGIE/UFRGS
  • Maria Cristina Villanova Biasuz PPGIE/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.53451

Palavras-chave:

Libras, Tecnologia Assistiva, Tradução Automática, Aprendizagem Multimídia, Usabilidade.

Resumo

O recente surgimento de aplicativos brasileiros tradutores automáticos de Língua Portuguesa para Libras desencadeou a realização de diálogos com sujeitos surdos e ouvintes, a fim de discutir a validade social e tecnológica dessas ferramentas. Frente a essa interação com os usuários, percebeu-se que esses utilizavam os aplicativos não apenas como tradutores, mas também como objetos para a aprendizagem de segunda língua. A partir dessa constatação, os aplicativos HandTalk e ProDeaf Móvel foram analisados com base na Teoria da Aprendizagem Multimídia e em heurísticas de usabilidade. Os resultados apresentam um conjunto de sugestões que, se incorporadas aos aplicativos dessa natureza, podem contribuir para redução de problemas de interface e de interação, de modo a contemplar os interesses de seus usuários e garantir a qualidade de uso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maristela Compagnoni Vieira

PPGIE/UFRGS

Downloads

Publicado

2014-12-28

Como Citar

COMPAGNONI VIEIRA, M.; CORRÊA, Y.; FELIPE PATIKOWSKI CHEIRAN, J.; MARIA COSTI SANTAROSA, L.; CRISTINA VILLANOVA BIASUZ, M. Contribuições da Teoria da Aprendizagem Multimídia e da Usabilidade para aprendizagem de Libras e Língua Portuguesa por meio de aplicativos móveis. RENOTE, Porto Alegre, v. 12, n. 2, 2014. DOI: 10.22456/1679-1916.53451. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/53451. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Tecnologia na educação