Percepção dos docentes da Universidade Federal do Espírito Santo – Campus de Alegre sobre a implementação de uma estrutura organizacional com foco em colegiados de cursos.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol38n002022.111599

Palavras-chave:

Educação Superior, Estrutura Organizacional, Métodos Multivariados.

Resumo

Este estudo analisou a percepção dos docentes sobre a implementação da estrutura organizacional sem departamentos de ensino nas unidades acadêmicas da Universidade Federal do Espírito Santo – Campus de Alegre por meio de um estudo de caso, de abordagem quantitativa, com a aplicação de métodos multivariados. Os resultados apresentaram-se significativos e indicaram a necessidade de mudança da estrutura organizacional atual e aceitação dos docentes para uma reestruturação organizacional com foco nos Colegiados de Cursos, o que confirma uma mudança de padrão da cultura institucional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiléia Curty de Oliveira, Universidade Federal do Espírito Santo

Josiléia Curty de Oliveira

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestre em Gestão pública pela Universidade Federal do Espírito Santo (2018), graduada em Letras e Pedagogia, possui especialização em Língua Portuguesa e Estudos da Linguagem. Atualmente, ocupa o cargo de Secretário Executivo no Campus de Alegre da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). 

Universidade Federal do Espírito Santo, Secretaria Única de Graduação - Setorial Sul, Alegre, ES, Brasil.

E-mail: josileia.oliveira@ufes.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/1382985536825267

Larice Nogueira de Andrade, Universidade Federal do Espírito Santo

Larice Nogueira de Andrade 

Doutora em Engenharia Ambiental (2012) pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), mestre em Evolução Crustal e Recursos Naturais (2008) e graduada em Engenheira Ambiental (2005) pela Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Computação da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES/Campus Alegre). 

Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Exatas, Naturais e da Saúde, Departamento de Computação, Alegre- ES, Brasil. E-mail: larice.andrade@ufes.br
Lattes:http://lattes.cnpq.br/0322725035627877

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0322725035627877


 

Simone Aparecida Fernandes Anastácio, Universidade Federal do Espírito Santo

Simone Aparecida Fernandes
Doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2011). Mestre em Física pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005). Formada em Licenciatura curta em Ciências e Matemática para o Ensino Fundamental e Licenciatura Plena em Física pela Universidade Federal de São João del-Rei. É professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física (MNPEF – SBF)/Ufes e do Programa de Pós-Graduação em Ensino, Educação Básica e Formação de Professores.
Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Exatas, Naturais e da SAúde, Departamento de Química e Física, Alegre, ES, Brasil.

E-mail: simonef.ufes@gmail.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0532528200582514

 


Referências

BRASIL. Lei n. 5.540, de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de organização funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. Disponível em: <https://www.planalto.gov.br/ccivil

_03/Leis/L5540.htm>. Acesso em 20 abr. 2020.

______. Lei de Diretrizes e Bases nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em 22 maio 2020.

______. Diretrizes Gerais do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI. Brasília, DF: MEC: SESu, 2007. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/diretrizesreuni.pdf>. Acesso em 26 jan. 2020.

______. Lei nº 13.005, de 25 junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF: Senado Federal. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l13005.htm>. Acesso em 20 maio 2020.

CORRAR; Luiz J.; PAULO, Edilson.; DIAS FILHO, José Maria. Análise Multivariada para cursos de Administração, Ciências Contábeis e Economia. Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras – FIPECAFI, 1. ed., São Paulo: Atlas, 2007.

DANCEY, Christine P.; REIDY, John. Estatística sem matemática para psicologia. Tradução: Lorí Vialli. Porto Alegre: Artmed, 2006.

FÁVERO, Maria de Lourdes de Albuquerque. Autonomia e democratização da Universidade. Avaliação – Revista da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior, 10(4), pp.75-86, (2005). Disponível em: <http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php?

journal=avaliacao&page=article&op=view&path%5B%5D=1326&path%5B%5D=1316>. Acesso em 21 maio 2020.

FIELD, Andy. Descobrindo a estatística usando o SPSS [recurso eletrônico]; tradução Lorí Viali. – 2. ed., Porto Alegre: Artmed, 2009.

FIGUEIREDO FILHO, Dalson Brito.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre da. Visão além do alcance: uma introdução à análise fatorial. Opinião Pública, Campinas, vol. 16, nº 1, p. 160-185, junho, 2010.

HAIR Jr, Joseph F.; BLACK, William C.; BABIN, Barry J.; ANDERSON, Rolph E. e TATHAM, Ronald L. Multivariate Data Analysis. 6. ed. Upper Saddle River, NJ: Pearson Prentice Hall, 2006.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO / Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino. Planejando a próxima década: Conhecendo as 20 metas do Plano Nacional de Educação. 2014. Disponível em: <http://pne.mec.gov.br/imagespdf/pne_

conhecendo_20_metas.pdf>. Acesso em 18 fev. 2020.

RIBAS, José Roberto; VIEIRA, Paulo Roberto da Costa. Análise multivariada com uso do SPSS. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna Ltda., 2011. 272p.

VIEIRA, Sonia. Como elaborar questionários. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

Downloads

Publicado

2022-05-21

Como Citar

Oliveira, J. C. de, Andrade, L. N. de, & Anastácio, S. A. F. (2022). Percepção dos docentes da Universidade Federal do Espírito Santo – Campus de Alegre sobre a implementação de uma estrutura organizacional com foco em colegiados de cursos. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 38(00). https://doi.org/10.21573/vol38n002022.111599