Terapia gênica

uma nova estratégia para o tratamento de doenças

Autores

  • Cláudia D. da Silva
  • Úrsula da Silveira Matte
  • Roberto Giugliani

Palavras-chave:

Terapia gênica, vetores virais, vetores não virais, câncer

Resumo

A terapia gênica está baseada no conceito de que uma doença genética pode ser corrigida pela substituição ou adição do gene defeituoso. Muita expectativa foi gerada pelos primeiros protocolos, mas o surgimento de complicações inesperadas levou a uma diminuição do entusiasmo inicial. Neste artigo, é feita uma revisão dos diferentes tipos de vetores utilizados para terapia gênica, com discussão das suas vantagens e desvantagens. Além disso, as estratégias para alguns dos principais tecidos alvo são discutidas. Especial ênfase é dada às estratégias para o tratamento do câncer, área na qual atualmente se concentram a maioria dos protocolos clínicos e que apresenta dificuldades menores do que as envolvidas no tratamento de doenças monogênicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-07-22

Como Citar

1.
D. da Silva C, Silveira Matte Úrsula, Giugliani R. Terapia gênica: uma nova estratégia para o tratamento de doenças. Clin Biomed Res [Internet]. 22º de julho de 2022 [citado 28º de janeiro de 2023];21(3). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/126046

Edição

Seção

Artigos Especiais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>