Itinenários de uma pesquisa em história da arte: a paisagem dos artistas viajantes como dispositivo para crítica ambiental

Diego Hasse

Resumo


O texto apresenta o itinerário de uma pesquisa em História da Arte, o qual deu origem ao trabalho intitulado Dimensões críticas da paisagem: Maria Graham e Claudia Hamerski. Tal estudo focou nas dimensões crítico-ambientais das apreensões de paisagens feitas por artistas de diferentes temporalidades. O diálogo corroborou com o pensamento de uma História da Arte anacrônica. Ademais, a investigação objetivou contribuir com os estudos que problematizam e ampliam o conceito de “artista viajante”.

Palavras-chave


Artistas viajantes; Paisagem; Crítica ambiental; Anacronismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.