Malefícios da maloclusão no sistema estomatognático: relato de caso

Franklin David Gordillo Yepez, Emanuele de Oliveira, Ricardo Hochheim Neto

Resumo


A reabilitação oral requer dos profissionais da odontologia um planejamento cuidadoso e assertivo, visando reabilitar o paciente funcional e esteticamente com intuito de buscar o equilíbrio do sistema estomatognático. Objetivo: Relatar um caso de um paciente com disfunção temporomandibular associada ao bruxismo e sua posterior reabilitação através do reestabelecimento da dimensão vertical. Relato de caso: Paciente Z.S.B., 59 anos, gênero masculino, compareceu na clínica integrada do Curso de Odontologia da Universidade Regional de Blumenau (FURB) com queixa de dor muscular facial ocasionando desconforto mastigatório e desgaste excessivo nos dentes anteriores, prejudicando a estética. A reabilitação foi iniciada através da utilização prévia de Front-Plateau, confecção de Jig de Lucia, registro da relação cêntrica e montagem em articulador semiajustável, confecção de prótese parcial removível provisória, após enceramento diagnóstico com reconstrução das guias anterior e canina, a qual foi utilizada por um mês. Considerações finais: Após o desaparecimento da sintomatologia dolorosa finalizou-se o caso com resina composta na região anterior, baseada no enceramento de estudo, confecção de prótese parcial removível definitiva e utilização de placa oclusal, contribuindo para manutenção dos resultados obtidos.

Palavras-chave


Reabilitação bucal; Oclusão dentária; Síndrome da disfunção da articulação temporomandibular; Bruxismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2177-0018.94424

e-ISSN 2177-0018 / ISSN 0566-1854