Promotion of bucal health and the elderly

Lucinei Paz Torquato, Debora Berger Schmidt

Abstract


Introduction: For the year 2050, the estimate is to have more than two billion people over the age of 60 worldwide. This projection of population aging highlights the importance of assessing the oral health of the elderly and, consequently, highlighting the role of public policies and the dental surgeon in health promotion in this context. Objective: The purpose of this paper is to approach the main oral changes that occur in the elderly and the importance given to this by public policies. Discussion: The literature emphasizes the national health policy of the elderly and the duty of the professional to promote the quality of life while preserving the autonomy and functional independence of the patient. Conclusion: Several public policies ensure the rights guaranteed to people aged 60 years or older regarding whole health care for the elderly. However, much needs to be done for them to benefit and have full access to this service. Therefore, it’s the dental surgeon’s responsibility to bring awareness to this reality and need.

Keywords


Aged; Oral health; Health promotion; Mouth diseases

References


Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção¬ Básica. Estatuto do Idoso. Brasília, DF; 2003.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2006. 192 p. (Série A. Normas e manuais técnicos); (Cadernos de Atenção Básica; n. 19).

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Saúde bucal. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2008. 92 p. (Série A. Normas e manuais técnicos); (Caderno de Atenção Básica; n. 17).

Rosa LB, Zuccolotto MCC, Batglion C, Coronatto E. Odontogeriatria: a saúde bucal na terceira idade. RFO UPF. 2010;13(2):82-6.

Mello ALSF, Erdmann AL. O envelhecer ativo e os desafios para a odontogeriatria na promoção a saúde. Rev RENE. 2003;4(2):103-11.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Coordenação Nacional de Saúde Bucal. 1ª Conferência nacional de saúde bucal: relatório final. [Internet]. Brasília, DF: 1986. 11p. [acesso 2019 abril 12]. Disponível em: https://aps.saude.gov.br/biblioteca/index.

Hebling E, Rodrigues CK. O estatuto do idoso e a saúde bucal. Robrac. 2006;15(39):51-6.

Przylynski DS, Pelzer MT, Santos SSC, Silva ME, Costa CFS, Gasparim AB. Ações educativas de enfermagem em saúde bucal de idosos em uma instituição de longa permanência. Cog Enf. 2009;14(4):696-702.

Silva SRC da, Fernandes RAC. Auto percepção das condições de saúde bucal por idosos. Rev Saúde Pública. 2001;35(4):349-55.

Locker D, Jokovic A. Using subjective oral health status indicators to screen for dental care needs in older adults. Community Dent Oral Epidemiol. 1996;24:398-402.

Mello ALSF, Erdamann AL. Revelando contradições e incorporando melhores práticas no cuidado à saúde bucal de idosos. Physis. 2007;17(1):139-56.

Martins A, Barreto SM, Silveira MF, Santa-Rosa TTA, Pereira SM. Autopercepção da saúde bucal entre idosos brasileiros. Rev Saúde Pública. 2010;44(5):912-22.

Martins AME de BL, Barreto SM, Pordeus IA. Características associadas ao uso de serviços odontológicos entre idosos dentados e edentados no Sudeste do Brasil: Projeto SB Brasil. Cad Saúde Púb. 2008;24(1):81-92.

Barbosa KGN. Condições de saúde bucal em idosos: uma revisão da realidade brasileira. Odontol Clín-Cient. 2011 Jul/Set;10(3):227-31.

Lucena EHG, Pucca Junior GA, Sousa MF. A política nacional de saúde bucal no Brasil no contexto do Sistema Único de Saúde. Tempus (Brasília). 2011;5(3):53-63.

Vargas AMD, Vasconcelos M, Ribeiro MTF. Saúde bucal: atenção ao idoso. Belo Horizonte: Nescon/UFMG; 2011.

Araújo SSC de, Freire DB de L, Padilha DMP, Baldisserotto J. Suporte social, promoção de saúde e saúde bucal na população idosa no Brasil. Interface (Botucatu). 2006;10(19):203-16.

Bulgarelli AF, Manço ARX. Saúde bucal do idoso: revisão. Clin Pesq Odontol. 2006 Abr/Jun;2(4):319-26.

Piuvezam G, Lima KC de, Carvalho MS de, Xavier VGP, Silva RA da, Dantas ARF, et al. Atenção primária à saúde e os idosos institucionalizados: a perspectiva da gestão municipal no Brasil. Rev. Port Saúde Púb. 2016;34(1):92-100.

Dutra CESV, Sanchez HF. Organização da atenção à saúde bucal prestada ao idoso nas equipes de saúde bucal da Estratégia Saúde da Família. Rev Bras Geriatr Gerontol. [Internet]. 2015;18(1):179-88. [acesso 2019 out 26]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1809-9823.2015.13184.

Werner CW, Saunders MJ, Paunovich E, Yeh C. Odontologia geriátrica. Rev Fac Odontol Lins. 1998;11(1):62-9.

Kandelman D, Petersen PE, Ueda H. Oral health, general health, and quality of life in older people. Spec Care Dentist. 2008;28:224-36.

Côrte-Real IS, Figueiral MH, Campos JCR. As doenças orais no idoso: considerações gerais. Rev Port Estomatol Med Dent Cir Maxilofac. 2011Jul/Set;52(3):175-80.

Silva EMM da, Barao VAR, Santos DM, Delben JA, Ribeiro ACP, Gallo, AKG. Principais alterações e doenças bucais que acometem o paciente geriátrico: revisão de literatura. Odont. 2011;19(37):39-47.

Moreira RS, Nico LS, Tomita NE, Ruiz T. A saúde bucal do idoso brasileiro: revisão sistemática sobre o quadro epidemiológico e acesso aos serviços de saúde bucal. Cad Saúde Púb. 2005;21(6):1665-75.

Rocha DA, Miranda AF. Atendimento odontológico domiciliar aos idosos: uma necessidade na prática multidisciplinar em saúde: revisão de literatura. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2013;16(1):181-9.

Saliba NA, Moimaz SAS, Marques JAM, Prado RLl. Perfil de cuidadores de idosos e percepção sobre saúde bucal. Interface. 2007;11(21):39-50.

Mello ALF, Padilha DMP. Instituições geriátricas e negligência odontológica. Rev Fac Odontol Porto Alegre. 2000;41(1):44-8.

Paraná. Secretaria de Estado da Saúde do Paraná. Superintendência de Assistência à Saúde. Linha Guia Rede de Saúde Bucal. Curitiba; 2016.

Cardoso MCAF, Roseneide VB. A saúde bucal e as funções da mastigação e deglutição nos idosos. Stud Interdiscipl Envelhec. 2010;15(1):53-67.

Shinkai RSA, Cury AADB. O papel da odontologia na equipe interdisciplinar: contribuindo para a atenção integral ao idoso. Cad Saúde Pública. 2000;16(4):1099-109.

Vieira WR. Doença cardiovascular e doença periodontal. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2014;29(1):VII-IX.

Saldanha KFD, da Costa DC, Masocatto DC, Oliveira MM, Gaetti Jardim EC. Doença periodontal e doenças cardiovasculares: revisão de literatura. Arch Health Invest. 2015;4(1):31-6.

Brasil. Ministério da Saúde. Diretrizes da política nacional de saúde bucal. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2004.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº399/GM, de 22 fevereiro de 2006. Divulga o pacto pela saúde 2006 – Consolidação do SUS e aprova as diretrizes operacionais do referido pacto. Diário Oficial [da] república Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 23 fev. 2006. Seção 1, p. 43-51.

Brasil. Ministério de Saúde. Portaria nº2528/GM, de 19 outubro de 2006. Aprova a política nacional de saúde da pessoa idosa. Diário Oficial [da] república Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 20 out. 2006. Seção 1, p. 142.

Barbosa CS, Silva LAMP da, Ferraresso F de OT, Higasi MS, Cassemiro SS. Promoção de saúde bucal para paciente da terceira idade. [Internet]. In: Anais 37º - SEURS Seminário de Extensão Universitário da Região Sul Florianópolis: Repositório Institucional da UFSC; 2019. [acesso 2019 out 26]. Disponível em: https://repositório.ufsc.br/handle/123456789/199285.




DOI: https://doi.org/10.22456/2177-0018.91950

Licença Creative Commons

e-ISSN 2177-0018 / ISSN 0566-1854.

descrição da foto descrição da foto descrição da foto descrição da foto descrição da foto descrição da foto descrição da fotodescrição da foto