Retomada das relações entre EUA e Cuba: uma análise do papel de grupos de interesse domésticos na atual mudança das diretrizes da política externa estadunidense

Thaís Vieira de Paula, Marina Oliveira Vieira dos Santos, Thábata Dias Meireles Costa

Resumo


Este artigo busca verificar o papel de grupos de interesses domésticos na mudança das diretrizes da política externa estadunidense para Cuba. Espera-se, entender a perspectiva doméstica dos EUA na relação bilateral e a posição do governo de Barack Obama no novo rumo da relação entre os países. 


Palavras-chave


Embargo; Grupos de Interesse; Relações Bilaterais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.85427



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS