De Praga ao mundo árabe: uma análise comparada de primaveras políticas

Teresa Cristina Schneider Marques, Antônio Eduardo Alves de Oliveira

Resumo


A Primavera de Praga de 1968 marcou o contexto político mundial assim como a primavera árabe que emergiu mais de quatro décadas depois. Quase dois anos após o início da revoltas no mundo árabe, o presente artigo objetiva analisar os dois movimentos a partir da metodologia comparada. Dessa forma, espera-se compreender melhor o significado das manifestações, além de verificar o papel da sociedade civil no cenário internacional.


Palavras-chave


Primavera de Praga; Primavera Árabe; Sociedade civil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.34863



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS