O MAUP E A ANÁLISE ESPACIAL: UM ESTUDO DE CASO PARA O RIO GRANDE DO SUL (1991-2000)

Rodrigo Peres de Ávila, Leonardo Monasterio

Resumo


O trabalho apresenta um caso de MAUP (Modifiable Areal Unit Problem) com dados de renda per capita para o Rio Grande do Sul no período 1991-2000. É demonstrada a necessidade de se considerarem as diferenças nos resultados obtidos oriundas apenas da regionalização escolhida pelo pesquisador. A análise se centra em dois níveis: municípios e Conselhos Regionais de Desenvolvimento. Aplica-se a Análise Exploratória de Dados Espaciais (ESDA) para identificar suas associações espaciais globais e seus clusters. Em seguida, fazem-se os tradicionais testes de β-convergência condicional e absoluta, acrescentando a econometria espacial e comparando os resultados com o modelo de econometria clássico. A análise de kernel estocástico nos dois níveis de análise complementa o estudo. Mostra-se que os resultados dependem do nível espacial e que há processos que só são identificados após avaliação cuidadosa dos dados. A conclusão principal é de que o MAUP é um fenômeno relevante, que não pode deixar de ser considerado pelos economistas regionais.

Palavras-chave


Econometria espacial–– Kernel Estocástico - MAUP - ESDA

Texto completo:

PDF


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456