ANÁLISE DA EFICIÊNCIA DE COMPANHIAS AÉREAS BRASILEIRAS

Breno Sampaio, André de Souza Melo

Resumo


A eficiência das companhias aéreas brasileiras é estimada utilizando metodologia DEA. Os insumos utilizados foram número de empregados, combustível consumido e custo operacional da companhia e produtos foram passageiros transportados, receitas e utilização dos assentos. Obtidas as eficiências, utilizaram-se modelos de regressão para analisar variáveis que influenciam as mesmas. Os resultados mostraram aumento da eficiência média ao longo do tempo. Dentre as seis maiores companhias, somente três operavam, em 2004, na fronteira eficiente: GOL, TAM e VARIG. A eficiência das companhias é significativamente afetada por custo por passageiro, percentual de mercado e pessoal por passageiro.

Palavras-chave


Companhias aéreas. Transporte aérea. Análise de eficiência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22456/2176-5456.10921

 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456