POLÍTICAS DE TRADUÇÃO E ESCRITA LITERÁRIA NEGRA

Valeria Lima de Almeida

Resumo


A tradução, como instrumento de política cultural, é parte de um construto mais amplo da cultura nacional, sendo um elemento de construção de identidades nacionais. No Brasil, o povo negro enfrenta uma subalternização persistente, tanto no aspecto material quanto da representação. Tendo em vista estes fatos e as políticas recentes de incentivo à tradução de literatura brasileira como divulgação internacional da cultura, o texto analisa o lugar (ou não-lugar) do negro, inclusive da mulher negra, nas representações da cultura e da sociedade brasileira que emergem a partir da produção tradutória recente de obras nacionais, sobretudo no que tange à escrita de autoras e autores negros. 


Palavras-chave


tradução; política cultural

Texto completo:

PDF


ISSN eletrônico: 2236-4013


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribuition 3.0.


Indexadores: 


 

 

cariniana 2

 

TRANSLATIO
Instituto de Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500, CEP 91540-000
Porto Alegre - RS
Email: translatio.ufrgs@gmail.com