TRADUÇÕES TRANSGRESSORAS: A IMPORTÂNCIA DA TRADUÇÃO NÃO OFICIAL SOCIAL DE TEXTOS DE AUTORIA NEGRA PARA O AMBIENTE ACADÊMICO 

Adélia Mathias

Resumo


 Existe no Brasil, uma carência de traduções de autores negros da diáspora e essa defasagem desfavorece a pluralidade epistêmica da academia, que por sua vez continua seguindo padrões eurocêntricos e hegemônicos. A entrada de um maior contingente de estudantes negras/os nas universidades públicas brasileiras vem impulsionando um diálogo cada vez maior com teorias e literaturas africanas e afrodiaspóricas, com isso questões sobre tradução, empoderamento e contribuições acadêmicas desses novos agentes e suas demandas são trabalhadas no presente artigo.

Palavras-chave: autoria negra; tradução social; empoderamento, literatura da diáspora, diversidade

Palavras-chave


autoria negra; tradução social; empoderamento, literatura da diáspora, diversidade

Texto completo:

PDF


ISSN eletrônico: 2236-4013


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribuition 3.0.


Indexadores: 


 

 

cariniana 2

 

TRANSLATIO
Instituto de Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500, CEP 91540-000
Porto Alegre - RS
Email: translatio.ufrgs@gmail.com