O ensino de História na escola: notas sobre o fazer científico nas ciências humanas

Vinícius Finger

Resumo


Este artigo, apresenta dinâmicas de análise sobre as ações de ensino de história e em consequência, de ciências humanas, na escola. O trabalho, longe de uma coletânea quantitativa de dados, pretende realizar uma análise qualitativa sobre os modos de pensamento, de policiamento, de disciplina e de ensino de história presentes nas escolas contemporâneas. Sobre os parâmetros filosóficos, políticos e científicos da produção e reprodução de conhecimento, nas instituições de ensino disciplinares. 


Palavras-chave


Ensino de história; Filosofia da história; Escola; Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


BACHELARD, Gaston. A Formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

BERGSON, Henri. Matéria e memória: ensaio sobre a relação do corpo com o espírito. 2. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

CERTAU, Michel de. A Escrita da história. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1982.

DELEUZE, Gilles. Foucault. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 1991.

. Conversações, 1972-1995. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

. A Filosofia crítica de Kant. Lisboa: Edições 70, 2000.

DERRIDA, Jacques. A Voz e o fenômeno: introdução ao problema do signo na fenomenologia de Hurssel. Rio de Janeiro: Editora Zahar, 1993.

DOSSE, François. Renascimento do acontecimento: um desafio para o historiador: entre esfinge e fênix. São Paulo: Editora Unesp, 2013.

FEYERABEND, Gaston. Diálogos sobre o conhecimento. São Paulo: Perspectivas, 2008.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Editora Graal, 1992.

. A ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970. 3. ed. São Paulo: Loyola, 1996.

. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. 9. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 36ª Ed. São Paulo: Paz e Terra, 2007.

GINZBURG, Carlo. A Micro-história e outros ensaios. Rio de Janeiro: Editora Bertrand, 1991.

KANT, Immanuel. Crítica da razão pura. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

KUHN, Thomas S. A Estrutura das revoluções científicas. 5º ed. São Paulo: Editora Perspectiva, 1998.

MORIN, Edgar. Os Sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez; Unesco, 2001.

POPPER, K. R. Conhecimento objetivo. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1975.

. A Lógica da pesquisa científica. São Paulo: Editora Cultrix, 1985.

RUSSELL, Bertrand. Os Problemas da filosofia. Florianópolis: Tr. Jaimir Conte, 2005.

SILVEIRA, Fernando Lang da. A Filosofia de Karl Popper e suas implicações no ensino da Ciência. In: OLIVEIRA, Paulo Eduardo de (org.). Ensaios sobre o pensamento de Karl Popper. Curitiba: Círculo de Estudos Bandeirantes, 2012.

VARELA, Julia. ALVAREZ-URIA, Fernando. A maquinaria escolar. Teoria & Educação. Porto Alegre, n 6, 1992. p.225-246.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Lhiste – Laboratório de Ensino de História e Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Porto Alegre

ISSN 2359-5973