A diferença na sala de aula: reflexões sobre a história indígena escolar e a história da educação inclusiva

Maria Perpétua Baptista Domingues, Flávia dos Santos Cota

Resumo


A proposta deste artigo é uma reflexão sobre a produção da identidade e da diferença no âmbito escolar. A partir de duas temáticas, a história indígena escolar e a história da educação inclusiva, refletindo sobre quais caminhos teóricos e metodológicos poderemos seguir para pensarmos a questão da alteridade e as demandas democráticas do presente atreladas a tal questão. Em consonância com as demandas e lutas indígenas, autores da historiografia indígena e do ensino de história, trazem novos olhares sobre o lugar dos índios na história do Brasil, destacando também a educação especial com novas colaborações. E nesse processo de inclusão, de direito a escolarização e respeito à diversidade levantaremos questões sobre o processo de integração/segregação do aluno diferente refletindo sobre a necessidade de transformações estruturais no campo educacional e político.


Palavras-chave


História indígena escolar – identidade – diferença – educação especial e inclusão.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA,Maria Regina Celestino de. 2010, p.20

SANTOS, Boaventura de Sousa, 2003, p. 122

CANDAU & MOREIRA, 2008, p.41

FREIRE, 2005, p. 79

SILVA, Tomaz Tadeu da. Currículo, Universalismo e Relativismo: Uma discussão com Jean-Claude Forquin. Educação e Sociedade, ano XXI, n. 73, Dezembro/00, 154p.

SKLIAR, C. Pedagogia (improvável) da diferença. E se o outro não estivesse aí? Rio de Janeiro: DP&A, 2003, 224p.

WALSH, 2009. p.23


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Lhiste – Laboratório de Ensino de História e Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Porto Alegre

ISSN 2359-5973