Relações entre Estado e empresários no PDE/PAR: algumas contradições na política educacional brasileira

Alexandre José Rossi, Liane Maria Bernardi, Lucia Hugo Uczak

Resumo


Este artigo apresenta discussões sobre como o setor privado mercantil influencia as políticas educacionais brasileiras. O artigo expõe relações entre o Movimento Todos pela Educação e as políticas educacionais públicas, revelando suas similitudes. Evidenciamos como a classe empresarial influencia o setor público na criação de políticas e, ao mesmo tempo é cliente do Estado, ofertando tecnologias educacionais; articula se em torno de consensos de propostas educacionais junto ao governo federal, naturalizando a incorporação da associação entre o público e o privado.


Palavras-chave


Movimento Todos pela Educação; Políticas educacionais; Público-privado; Classe.

Texto completo:

PDF

Referências


AFONSO, Almerindo Janela. O Neoliberalismo educacional mitigado numa década de governação social democrata. In. LIMA, Licinio C.; AFONSO, Almerindo Janela (orgs.) Reformas da Educação Pública: Democratização, Modernização e Neoliberalismo. Porto: Afrontamento, 2002.

BALL, Stephen. Global Education - New policy networks and the neo-liberal imaginary Routledge- Londres – NY- 2012.

BALL, S. J.; OLMEDO, A. A ‘nova’ filantropia, o capitalismo social e as redes de políticas globais em educação. In: PERONI, Vera (org.). Redefinições das fronteiras entre o público e o privado: implicações para a democratização da educação. Brasília: Líber Livro, 2013, p. 33-47.

BRASIL. Guia de Tecnologias Educacionais 2011/12/organização COGETEC. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2011, 196 p.

BRASIL. Plano de ações articuladas – PAR- 2011-2014. Guia prático de ações para municípios. Brasília: Ministério da Educação, 2011.

BRASIL. Decreto nº 6.094, de 24 abril de 2007. Dispõe sobre a implementação do Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação, pela União Federal, em regime de colaboração com Municípios, Distrito Federal e Estados, e a participação das famílias e da comunidade, mediante programas e ações de assistência técnica e financeira, visando a mobilização social pela melhoria da qualidade da educação básica.

CAMINI, Lucia. Política e Gestão Educacional Brasileira. São Paulo: Outras Expressões, 2013.

EVANGELISTA, Olinda; LEHER, Roberto. Todos pela Educação e o Episódio Costin no MEC: A Pedagogia do Capital em Ação na Política Educacional Brasileira. Trabalho Necessário-www.uff/trabalhonecessario. Ano 10, nº15, 2012.

GALE, Trevor. Realising Policy: The Who na how of policy production. In Lingard, Bob; OZGA, Jenny. The Routledge Falmer Reader in Education Policy and Politics. Milton Park, England: Routledge, 2007.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere. Vol.3.3ª Ed, Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

KRAWCZYK, Nora. A construção social das políticas educacionais no Brasil e na América Latina. In: KRAWCZYK, Nora; CAMPOS, Maria M.; HADDAD, Sérgio (org.). O cenário educacional latino-americano no limiar do século XXI: reformas em debate. São Paulo: Autores Associados, 2000, p. 1-11.

LAVAL, Christian. A escola não é uma empresa: o neoliberalismo em ataque ao ensino público. Londrina: Planta, 2004.

LIMA, Licinio C. Aprender para ganhar, conhecer para competir: sobre a subordinação da educação na ‘sociedade do conhecimento’. São Paulo: Cortez, 2012.

MARTINS, Andre Martins. A Educação Básica no século XXI: o projeto do organismo ‘Todos Pela Educação’. Praxis Educativa, Ponta Grossa, vol.4, nº 1,

MARTINS, Erika Moreira. Movimento Todos Pela Educação: um projeto de nação para a educação Brasileira. Campinas: URCAMP, 2013. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Educação, Universidade Regional de Campinas, 2013.

OLIVEIRA, Regina Tereza Cestari de. O Plano de Ações Articuladas em municípios sul-mato-grossenses e suas implicações para a gestão democrática da educação básica. Acta Scientiarum. Education, Maringa, vol34, nº2, p.291-300, July-Dec,2012.

OZGA, Jenny; LINGARD, Bob. Globalization, Education Policy and Politics. In Lingard, Bob; OZGA, Jenny. The Routledge Falmer Reader in Education Policy and Politics. Milton Park, England: Routledge, 2007.

PERONI, Vera. Mudanças no papel do Estado e políticas públicas de educação: notas sobre a relação público/privada. In: PERONI, Vera; ROSSI, Alexandre (orgs.). Políticas educacionais em tempos de redefinição do papel no Estado: implicações para a democratização da educação. Porto Alegre: PPGEdu UFRGS; Pelotas: UFPEL, 2011,

p. 23-41.

______. A gestão democrática da educação em tempos de parceria entre o público e o privado. Revista proposições. UNICAMP, vol.23, nº2. Campinas maio/ago, 2012.

PIRES, Daniela de Oliveira. A construção histórica da relação público-privada na promoção do direito à educação no Brasil. Porto Alegre: UFRGS, Tese de Doutorado, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2015.

ROSSI, Alexandre José. Avanços e limites da política de combate à homofobia : uma análise do processo de implementação das ações para a educação do Programa Brasil Sem Homofobia. 2010. 186 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

ROSSI, Alexandre; BERNARDI, Liane Maria; UCZAK, Lucia Hugo. Relação Público- Privada no Programa de Desenvolvimento da Educação: uma análise do Plano de Ações Articuladas. In: PERONI, Vera; (org.). Redefinições das Fronteiras entre o Público e o Privado: Implicações para a democratização da educação. Brasília: Liber Livros, 2013.

SAVIANI, Dermeval. Plano de Desenvolvimento da Educação: análise do projeto do MEC 2007. Educação e Sociedade, Campinas, vol.28, nº100- Especial, p.1231-55, out 2007.

SHIROMA, Eneida Otto; GARCIA, Rosalba Maria Cardoso; CAMPOS, Roselane Fatima. Conversão das “almas” pela liturgia da palavra: uma análise do movimento Todos pela Educação. In: BALL, Stephen J.; MAINARDES, Jefferson. Políticas educacionais: questões e dilemas. São Paulo: Cortez, 2011.

SOUZA, Paulo Renato. Educação e responsabilidade social. Folha de São Paulo. Opinião. 16/06/2006. Disponível em:http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz1906200608.htm. Acesso em 06 de setembro de 2016.

THOMPSON, E. P. A miséria da teoria ou um planetário de erros. Uma crítica ao pensamento de Althusser. Rio de Janeiro: Zahar, 1991.

______. A Formação da Classe Operária Inglesa. Vol.1. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

TPE. Todos pela Educação - http://www.todospelaeducacao.org.br - Acesso em 20/05/2015.

______. http://www.todospelaeducacao.org.br/educacao-na-midia/indice/574), Acesso em 10/09/2014.

VIEIRA, Evaldo. Os direitos sociais e a política social. São Paulo: Cortez, 2007.

_____. A República Brasileira 1951-2010 de Getúlio a Lula. São Paulo: Editora Cortez, 2015.

VOSS, Dulce Mari da Silva. O Plano de Desenvolvimento da Educação( PDE): contextos e discursos. Pelotas: Cadernos de Educação: FaE/PPGE/UFPel: Janeiro/abril, 2011.

WOOD, Ellen Meiksins. Democracia contra capitalismo: a renovação do materialismo histórico. São Paulo: Boitempo Editorial, 2003.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol33n22017.71503

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573