Avaliação da educação básica e qualidade do ensino: estudo sobre os anos finais do ensino fundamental da rede municipal de ensino de São Paulo

Cristiane Machado, Ocimar Munhoz Alavarse, Adolfo Samuel de Oliveira

Resumo


O artigo estuda os resultados, na Prova Brasil, dos alunos dos anos finais do ensino fundamental da Rede Municipal de Ensino de São Paulo. Contextualiza a avaliação da educação básica no país e ressalta a criação da Prova Brasil e do IDEB como elementos balizadores do debate sobre a qualidade do ensino. Analisa o objetivo do IDEB de ser um indicador de qualidade da educação e conclui que, embora ele não contemple toda a qualidade da educação escolar, evidencia determinada e importante qualidade das escolas e redes. Explora os resultados dos alunos e escolas na trajetória histórica das aferições da Prova Brasil, comparando-os com a escala de proficiência criada pela SME-SP para classificar os alunos na Prova São Paulo, avaliação externa dessa rede, que tem como referência os critérios da escala Saeb. Conclui ressaltando que a investigação dos dados das escolas municipais paulistanas pode fortalecer a compreensão da avaliação não como fim em si mesmo, mas como oportunidade de associá-la às transformações necessárias para a escola pública garantir o sucesso de seus alunos.


Palavras-chave


qualidade do ensino, avaliação externa, Prova Brasil.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Maria Teresa Gonzaga; SOARES, José Francisco. O nível

socioeconômico das escolas de educação básica brasileiras. Belo Horizonte:

Grupo de Avaliação e Medidas Educacionais (GAME); São Paulo: Instituto

Unibanco, 2012.

ALVES, Maria Teresa Gonzaga; SOARES, José Francisco; XAVIER, Flávia

Pereira. O nível socioeconômico das escolas de educação básica brasileiras:

Banco de Dados, versão 2. Belo Horizonte: Grupo de Avaliação e Medidas

Educacionais (GAME); São Paulo: Instituto Unibanco, 2012.

ALVES, Maria Teresa Gonzaga; XAVIER, Flávia Pereira; SOARES, José

Francisco. Nota Técnica: conversão da escala do NSE médio das escolas e

criação de grupos. Belo Horizonte: Grupo de Avaliação e Medidas Educacionais

(GAME), 2013.

BONAMINO, Alicia; SOUSA, Sandra Zákia. Três gerações de avaliação da

educação básica no Brasil: interfaces com o currículo da/na escola. Educação e

Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 373-388, abr./jun. 2012.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos.

Lei Nº 13.005 de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação

- PNE e dá outras providências, Brasília: 25 jun. 2014.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos.

Decreto Nº 6.094, de 24 de abril de 2007. Dispõe sobre a implementação do

Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação, pela União Federal, em

regime de colaboração com Municípios, Distrito Federal e Estados, e a participação

das famílias e da comunidade, mediante programas e ações de assistência técnica

e financeira, visando à mobilização social pela melhoria da qualidade da educação

básica, Brasília: 24 abril 2007.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

Educacionais Anísio Teixeira. Portaria Inep Nº 149, de 16 de junho de 2011.

Diário Oficial da União, Brasília, n. 116, Seção 1, p. 24-25, 17 jun. 2011.

COLEMAN, James S. et al. Equality of Educational Opportunity. Washington:

US Government Printing Office, 1966.

DOURADO, Luiz Fernandes (Coord.). A qualidade da educação: conceitos

e definições. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Anísio Teixeira (Inep), 2007. 65 p. (Série Documental. Textos para Discussão, 24).

FERNANDES, Reynaldo. Índice de Desenvolvimento da Educação Básica

(IDEB). Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio

Teixeira (Inep), 2007. 26 p. (Série Documental. Textos para Discussão, 26).

FRANCO, Creso; ALVES, Fátima; BONAMINO, Alícia. Qualidade do ensino

fundamental: políticas, suas possibilidades, seus limites. Educação & Sociedade,

São Paulo, v. 28, n. 100, especial, p. 989-1014, out. 2007.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol31n22015.61731

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573