Políticas educacionais, igualdade e diferenças

Autores

  • Miguel Arroyo

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol27n12011.19969

Resumo

O tema se propõe trabalhar os seguintes pontos: a centralidade da relação entre políticas educacionais e a superação das desigualdades; a relação entre as formas de pensar os coletivos como desiguais e de pensar o Estado e suas políticas; como a presença afirmativa dos coletivos feitos desiguais ressignifica a produção das desigualdades na história de nossas sociedades; em que padrões históricos tem se dado a produção dos diferentes em desiguais; em que fronteiras esses coletivos reagem a esses padrões; como suas lutas por justiça, igualdade e diversidade ressignificam o Estado, a esfera pública, as políticas, suas análises e sua gestão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-04-21

Como Citar

Arroyo, M. (2011). Políticas educacionais, igualdade e diferenças. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 27(1). https://doi.org/10.21573/vol27n12011.19969

Edição

Seção

Artigos