Avaliação institucional participativa e o diálogo com as categorias de Boaventura de Sousa Santos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol36n32020.104843

Palavras-chave:

Avaliação Institucional, escola pública, qualidade social

Resumo

Analisa-se a política de avaliação institucional participativa implementada na rede municipal de Campinas segundo as categorias sociologia das ausências, das emergências e trabalho de tradução propostas por Sousa Santos. Resultados de pesquisa desenvolvida nesta rede (2008-2017) constituem-se base empírica do estudo. Observa-se potência de processos avaliativos centrados na escola que reconhecem os saberes dos múltiplos atores na construção da qualidade social.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mara Regina Lemes Sordi, UNICAMP

Professora Associada da Faculdade de Educação da UNICAMP, Departamento de Estudos e Práticas Culturais ( DEPRAC)

Referências

AFONSO, A. J. Para uma conceptualização alternativa de accountability em educação. Edu.

Soc., Campinas, v. 33, n. 119, p. 471-484, abr.-jun. 2012.

BONDIOLI, Anna (Org.). O Projeto pedagógico da creche e a sua avaliação: a qualidade negociada. Campinas – SP; Autores Associados, 2004.

SANTOS FILHO, Serafim et al Avaliação como dispositivo de humanização em saúde. Considerações metodológicas. In: CAMPOS, R. O. & FURTADO, J. P. (org.) Desafios da avaliação de programas e serviços em saúde Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2011, p. 257-278

FREITAS, L. C., et al. Avaliação Educacional: caminhando pela contramão. Petrópolis-RJ: Vozes, 2009.

PISTRAK. Fundamentos da Escola do Trabalho. São Paulo: Brasiliense, 1981.

XXXX & FREITAS, L.C. Responsabilização Participativa. Revista Retratos da Escola, Brasília: v. 7, n. 12, p. 87-99, jan. /jun. 2013.

XXXX Desafiando a hegemonia do campo da avaliação da qualidade das escolas: a avaliação institucional participativa como estratégia. Tese (Livre docência) -UNICAMP, Campinas, 2018

SOUSA SANTOS, B. Para uma pedagogia do conflito. In: SILVA, H.L.; AZEVEDO, J.C.; SANTOS, E.S. Novos mapas culturais, novas perspectivas educacionais Porto Alegre: Sulina, 1996.

¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬_________. Não disparem sobre o utopista. In: SOUSA SANTOS, Boaventura. A crítica da razão indolente. Contra o desperdício da experiência. V 1 5 ed, Cortez, 2005.

________. A gramática do tempo. Para uma nova cultura política. SP: Cortez, 2006.

Downloads

Publicado

2020-11-12

Como Citar

Sordi, M. R. L. (2020). Avaliação institucional participativa e o diálogo com as categorias de Boaventura de Sousa Santos. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 36(3), 1108–1127. https://doi.org/10.21573/vol36n32020.104843

Edição

Seção

Dossiê: Âmbito escolar e suas compreensões: políticas públicas e seus desdobramentos