TENSÕES E INTENÇÕES ENTRE PROFESSOR DE GEOGRAFIA E LIVRO DIDÁTICO NA PRÁTICA DOCENTE

Carina Copatti, Helena Copetti Callai, Helena Copetti Callai

Resumo


O objetivo desta escrita é propor reflexões em relação às tensões entre professor de Geografia e livro didático na prática de ensino, considerando também as intenções dos profissionais no uso deste recurso. Trazemos como questão central: de que maneira a relação entre o professor de Geografia e o livro didático influencia na prática docente? Como esse recurso interfere no ensino de Geografia? Como metodologia optamos pela pesquisa bibliográfica, construída no âmbito inicial da pesquisa de doutoramento, em que a interação entre livro didático e formação de professores tem centralidade. São diversas as interações possíveis entre professor e livro didático; isso envolve a formação teórico-metodológica, os conhecimentos didático-pedagógicos e as experiências que o professor possui. Isso faz com que ocorram tensões no uso desse recurso ou, ainda, que diferentes possibilidades emerjam nessa interação.


Palavras-chave


Professor de Geografia; Livro didático; Ensino e aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.85527

Indexadores


Apoio