Voltar aos Detalhes do Artigo Entre autoras, diário e memórias: a linguagem da barbárie em "O que os cegos estão sonhando"? Baixar Baixar PDF