As interfaces da relação público-privada na Formação de Professores/as: A BNCC e o lugar das universidades na Região Norte do Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol38n002022.122805

Palavras-chave:

Políticas de Formação de professores. Público-privado. Educação Superior. BNCC. Região Norte

Resumo

Esta pesquisa objetivou analisar as interfaces da relação público-privado com a execução de políticas de formação docente, em particular na implementação da BNCC na Região Norte do Brasil. Trata-se de um estudo documental com base em Fairclough (2010), pautado no Materialismo Histórico e Dialético. Os resultados apontam o aparelhamento e influências das instituições privadas, fortalecendo a mercantilização da formação docente, com reduzida presença das universidades.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonia Costa Andrade, UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU. Professora titular da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNIFAP. Diretora do Departamento de Educação da UNIFAP. Coordenadora do Curso de Especialização em Política Educacional-CEPE/UNIFAP. Coordenadora do Eixo 2 da Rede Universitas. Vice presidente da ANPAE/AP. Coordenadora do Comitê Amapá da Rede da Campanha Nacional pelo Direito à Educação.

Maria da Conceição dos Santos Costa, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Pará (UFPA)

Professora Adjunta da Universidade Federal do Pará. Coordenadora do Grupo GEPEF/UFPA. Vice-presidente do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE). Vice coordenadora do Eixo II Rede Universitas-BR.

Arthane Menezes Figueirêdo, UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professora titular da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNIFAP. Vice-Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação-PPGED/UNIFAP. Pesquisadora do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica na Amazônia (PROCAD/Amazônia).

Maria da Conceição Rosa Cabral, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Pará, com período sanduíche na Universidade de Lisboa. Professora Associada do Instituto do Ciências da Educação, da Universidade Federal do Pará. Pesquisadora do Grupo de Estudo e Pesquisa de Política Educacional, Formação e Trabalho Docente (Gestrado/UFPA) e da Rede Universitas/BR.

Referências

ACRE. Secretaria Estadual de Educação. 2019. Disponível em: http://see.acre.gov.br/. Acesso em: 20 jan 2022.

ALBINO, Ângela Cristina Alves; SILVA, Andreia Ferreira. BNCC e BNC da formação de professores: repensando a formação por competências. Revista Retratos da Escola Brasília, v. 13, n. 25, p. 137-153, jan./abr., 2019. Disponível em: Albino, Silva, 2019. Acesso em: 17 fev. 2022.

AMAPÁ. Secretaria de Estado de Educação. 2019. Disponível em: https://seed.portal.ap.gov.br/. Acesso em 10 jan 2022.

AMAZONAS. Secretaria de Estado de Educação e Desporto. 2021. Disponível em: http://www.seduc.am.gov.br/ . Acesso em 15 jan 2022.

ANDRADE, Antonia Costa; COSTA, Maria da Conceição dos Santos; CABRAL, Maria da Conceição Rosa. Política de Formação de Professores e Professoras no Brasil: O Programa Residência Pedagógica na Região Norte. REVELLI, vol. 13. 2021. Dossiê Políticas de Educação Superior: tendências e perspectivas. ISSN 1984-6576. E-202159. Disponível em: Andrade, 2021. Acesso em: fev. 2022.

ANDRÉ, Marli. Formação de professores: a constituição de um campo de estudos. Educação, Porto Alegre, v. 33, n. 3, p. 174-181, set./dez. 2010. Disponível em: André, 2010. Acesso em: 15 fev. 2022.

ANTUNES, Ricardo; PINTO, Geraldo Augusto. A fábrica da educação: da especialização taylorista à flexibilização toyotista. São Paulo: Cortez, 2017.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de pessoal de Nível Superior. Relatório de Gestão Parfor 2009-2013. Brasília, Brasil: Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica (DEB), 2013, 108 p.

CAPES. COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Edital No 19/2018. PARFOR. 2018. Disponível em: capes-2018-pdf. Acesso em: jan. 2022

CAPES. COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Programa de Residência Pedagógica. Edital nº 1 de 6 de janeiro de 2020. Resultado Final. CAPES, 2020. Disponível em: capes-edital-1-2020-rp-resultado-final-pdf. Acesso em: jan. 2022.

CAPES. COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Edital No 2/2020 - Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. 2020. Disponível em: edital-2-2020-pibid-pdf. Acesso em: jan. 2022

CAPES. COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Edital nº 2 de 22 de maio de 2020. Retificação do Resultado final da seleção de instituições. CAPES, 2020. Disponível em: Capes, 2020-pdf. Acesso em: 23 jan. 2022.

DAL ROSSO, Sadi. Mais trabalho! A intensificação do labor na sociedade contemporânea. São Paulo: Boitempo, 2008.

EVANGELISTA, Olinda. Apontamentos para o trabalho com documentos em políticas educacional. Digitalizado, s/d. Disponível em: <http://moodle3.nead.uem.br/pluginfile.php/30539/mod_resource/content/1/Olinda%20Evangelista%20-%20Apontamentos.pdf>. Acesso em: 10 fev. 2022.

FAIRCLOUGH, Norman. A Dialética do Discurso. Revista Teias, v. 11, n. 22. p. 225-234. Mai./ago. 2010. Disponível em: Fairclough, 2010. Acesso em: Fev. 2022.

GOMIDE, Denise Camargo; JACOMELI, Mara Regina Martins. O método de Marx na pesquisa sobre políticas educacionais. Políticas Educativas. Santa Maria, v. 10, n.1, p. 64-78, 2016. Disponível em: gomide-jacomeli-2016. Acesso em: 17 fev 2022.

GUEDES, Marilde Queiroz. Política de formação docente: as novas diretrizes e a base nacional comum instituídas. Revista de Ciências Humanas e Sociais, v. 1, n. 01, p. 82-103, 2020. Disponível em: guedes-2020. Acesso em: 14 fev. 2022.

LEHER, Roberto. Projetos e modelos de autonomia e privatização das universidades públicas. Revista da Aduel. v. 1, n.1, p. 7-20, set. 2003. Disponível em: revistaaduelset2003.pdf (sindiproladuel.org.br) Acesso em: 16 fev. 2022.

MACEDO, Elizabeth. Base Nacional Curricular Comum: novas formas de sociabilidade produzindo sentidos para educação. Revista e-curriculum, vol. 12, n. 3, out.-dez, 2014. p. 1530-1555. Disponível em: Macedo, 2014. Acesso em 16 fev 2022.

MARTINS, Áurea Peniche. Educação e Responsabilidade Social Empresarial (RSE): o Projeto Trilhas, do Instituto Natura, na Rede Municipal de Ensino de São Miguel do Guamá/PA / Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal do Pará. 2018.

MARX, Karl. Manuscritos econômicos-filosóficos. Tradução: Jesus Ranieri. São Paulo: Boitempo, 2004.

MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política. Tradução: Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2013.

MAUÉS, Olgaíses. A política da OCDE para a educação e formação. A nova regulação? Revista Educação. Porto Alegre, v.34, n.1, p.75-85, jan/abr, 2011. Disponível em: maués-2011. Acesso em: 20 jan. 2022.

MÉSZÁROS, Istívan. A montanha que devemos conquistar. Tradução: Maria Izabel Lagoa, São Paulo: Boitempo, 2015.

MINTO, Lalo, Watanabe. As reformas do ensino superior no Brasil. O político e o privado em questão. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2006.

NEVES, Rosa Maria Corrêa das; PICCININI, Cláudia Lino. Crítica do imperialismo e da reforma curricular brasileira da Educação Básica: evidência histórica da impossibilidade da luta pela emancipação da classe trabalhadora desde a escola do Estado. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 10, n. 1, p. 184-206, mai. 2018. Disponível em: Neves, Piccinini, 2018. Acesso em: 16 fev. 2022

PARÁ. Secretaria de Estado de Educação. 2019. Disponível em: http://www.seduc.pa.gov.br/sitenovo/seduc/ . Acesso em 05 jan 2022.

PEREIRA, Jennifer Nascimento; EVANGELISTA, Olinda. Quando o capital educa o educador: BNCC, Nova Escola e Lemann. Movimento-Revista de Educação, Niterói, ano 6, n.10, p. 65-90, jan./jun. 2019. Disponível em: Pereira, Evangelista, 2019. Acesso em: 16 fev. 2022.

PERONI, Vera Maria Vidal; CAETANO, Maria Raquel. O público e o privado na educação: Projetos em disputa? Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 9, n. 17, p. 337-352, jul./dez. 2015. Disponível em: Peroni, Caetano, 2015.pdf. Acesso em: 27 fev. 2022

RONDÔNIA. Secretaria de Estado de Educação. 2019. Disponível em: https://rondonia.ro.gov.br/seduc/ . Acesso em 07 jan 2022.

RORAIMA. Secretaria de Estado de Educação e Desporto. 2020. Disponível em: http://www.educacao.rr.gov.br/ . Acesso em 04 jan 2022.

SARAIVA, Ana Maria Alves; SOUZA, Juliana de Fátima. A formação docente e as organizações internacionais: uma agenda focada na performatividade dos professores e na eficácia escolar. Currículo em Fronteiras, v. 20, n. 1, p. 129-147, jan./abr. 2020. Disponível em: saraiva-souza, 2020.pdf. Acesso em: 17 fev. 2022.

SILVA, Katia Augusta Curado Pinheiro Cordeiro da. A formação de professores na perspectiva crítico emancipadora. Linhas Críticas, Brasília, DF, v. 17, n. 32, p. 13-31, jan./abr. 2011. Disponível em: silva-2011. Acesso em: 16 fev. 2022.

SILVA, Kátia Augusta Curado Pinheiro Cordeiro da. Residência Pedagógica: uma discussão epistemológica. Formação Docente, Belo Horizonte, v. 13, n. 25, p. 109-122, set./dez., 2020. Disponível em: silva-2020. Acesso em: 22 fev. 2022.

SIMÃO, Andréa Aparecida. Formação do trabalhador: aporte da pedagogia das competências. In: REUNIÃO CIENTÍFICA REGIONAL DA ANPED SUL, 9, 2016, Curitiba-PA. Anais [...]. Curitiba: UFPR, 2016.

TOCANTINS. Secretaria de Estado de Educação. 2019. Disponível em: https://www.to.gov.br/seduc. Acesso em 08 jan 2022.

Downloads

Publicado

2022-10-18

Como Citar

Andrade, A. C., Costa, M. da C. dos S., Figueirêdo, A. M., & Cabral, M. da C. R. (2022). As interfaces da relação público-privada na Formação de Professores/as: A BNCC e o lugar das universidades na Região Norte do Brasil. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 38(00). https://doi.org/10.21573/vol38n002022.122805

Edição

Seção

Seção temática: Políticas, gestão e direito à educação superior: novos modos de regulação e tendências em construção